Falar Televisão

A saga continua…

A notícia que dá conta do fim do Agora É Que Conta, e que avançamos em rigoroso exclusivo esta semana, não surpreende ninguém. De facto, desde há muito tempo que se esperava o fim deste concurso anunciado como arrojado mas que aos longo dos tempos se foi tornando num autêntico call-tv. Arriscaria mesmo a dizer que o fim já estava destinado desde que Fátima Lopes abandonou a condução deste espaço.

Apesar dos excelentes números que Leonor Poeiras conseguiu alcançar nas primeiras edições que apresentou no início deste ano, o declínio do Agora É Que Conta foi notório a partir daí, tornando-se num estorvo nas tardes da TVI. E a explicação é simples: Leonor Poeiras quis fazer algumas alterações à linha que Fátima Lopes estava a implementar até então. Trouxe um dj para o estúdio, acabou com as histórias de vida que iam aparecendo no programa, enfim, ao longo do tempo foi tornando neste espaço num Quem Quer Ganha 2: um call-tv descarado com a diferença de que este, ao contrário do QQG, tinha público em estúdio. Os resultados foram caindo a pique e o conteúdo esvaziando-se até ao oco em que está atualmente.

O Agora É Que Conta foi um belo exemplo de como se pode estragar por completo um espaço que, à partida e ignorando as preferência de cada um, era inovador. Os 40% de share que obteve na primeira semana de exibição (em setembro de 2010) não foram alcançados ao acaso. De facto, aquele espaço era realmente diferente e uma excelente opção para quem via TV naquele horário.

Hoje não. É mais um pseudo-concurso que não passa de lixo televisivo mas que acaba por ser essencial a uma estação comercial como é a TVI. Por isso, também não é de admirar que a TVI esteja já a preparar o regresso do extinto Quem Quer Ganha para substituir o Agora É Que Conta. É essencial ter um call-tv de 1 hora por dia para conseguir encher mais um pouco os cofres da estação. Mesmo que isso implique um vazio de conteúdos diariamente na programação do canal. A regras do jogo são mesmo assim, o que é triste.

  • Miguel Neves

    Não é exclusivo nenhum!!!!!!!!!!!! O Mais TVI já tinha dado esta noticia a 19 de Setembro e acabou por confirmar-se hoje tal como eles tinham dito! É um exclusivo Mais TVI e não A Televisão!!!! Não sejam mentirosos!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Não podia estar mais em desacordo.
    Da forma que o texto foi escrito, dá-se a perceber que a ‘culpa’ de os resultados do AEQC terem descido foi da Leonor Poeiras,o que não é de todo verdade. Já em Dezembro, sob o comando de Fátima Lopes, os resultados tinham caído a pique (a rondar os 23%share), longe dos 40%share iniciais. 
    É, ainda, importante realçar que também nas primeiras emissões era constante a alusão ao prémio de casa e que os altos resultados alcançados inicialmente se deviam em grande parte à polémica transferência de Fátima para a TVI e à expectativa relativa a este programa ‘inovador’. 
    Sem mais nada a acrescentar.

  • Anónimo

    Não é o regresso do “Quem Quer Ganha”! Foi anunciado à estantes que é um novo concurso (embora seja de cultura geral) com regres diferentes. Chama-se “Dá cá Mais 5”. 

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close