Falar Televisão

A desgraça alheia

Falar_Televisao 2012

Falar_Televisao 2012

Não lembra ao diabo as constantes capas de revistas de televisão que nos aparecem à frente todas as semanas. É o Zé que teve um passado tenebroso, a Joana viveu na miséria durante séculos, o João foi abandonado pelos pais e pelo cão aos cinco anos de idade, a Maria matou uma mosca que lhe estava a incomodar, o pai do Pedro vendia roupa às bolinhas na feira popular, a Maria não sabe quem é o pai da criança, o Ricardo foi traído pelo gato que decidiu ir morar para a casa do vizinho e, por fim, a Sofia tocou no casaco de um famoso qualquer e agora também é celebridade. Bem, há com cada novela mexicana…

Questiono-me: estes assuntos ainda vendem? Se calhar sim, caso contrário não continuaríamos a “bater” com a cara nestas publicações. A polémica sempre deu e sempre dará boas receitas, é certo. A desgraça alheia desperta uma imensa curiosidade entre nós, está claro. Mas não existirão tantos outros temas (bons temas, excelentes temas) que também atraiam o público? Sinceramente, acho que as coisas positivas também podem ter sucesso na imprensa. O que é preciso é arrancarmos da nossa mente que o que faz disparar as vendas é somente (e apenas) o lado negro dos outros. Isso está tão, mas tão errado.

Dou por mim, num quiosque ou numa papelaria, e nem sequer tenho aquele estímulo para ler o título da capa. Já sei que ali está desgraça da boa. Da grossa. Não é preciso ler, a sério. De certeza que o protagonista é o pai do Pedro que vendia roupa às bolinhas na feira popular. Apostam comigo? As coisas chegaram a um ponto que já ninguém se surpreende. O povo começa a ficar tão habituado a cenários terríveis, que nem dá por nada. Nem sente a “picada”. À noite, enquanto estamos a jantar, assistimos às notícias mais horripilantes e macabras na televisão. E continuamos a comer, como se nada fosse…

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close