Estrelas na Terra

Diogo Morgado




Diogo Morgado

 

 

 

Tendo em conta o
protagonismo que o Diogo Morgado tem ganho nestes últimos dois anos, julgo que
seja a altura indicada para o homenagear, agora que é novamente protagonista de
uma produção da SIC.

 

Nasceu no dia 17
de Janeiro de 1980 em Lisboa, embora tenha passado grande parte da sua infância
no Alentejo com a família, a quem é muito apegado.

 

Como alguns
outros actores, iniciou a sua carreira no mundo da moda, com apenas 14 anos. Tendo
participado em algumas produções televisivas até ao telefilme Amo-te Teresa (2000) que lhe deu uma
grande projecção, com apenas 20 anos, Diogo já mostrava o seu talento no
pequeno ecrã, na SIC. Esta projecção também se ficou a dever ao facto deste ter
sido o primeiro telefilme criado pela SIC (fazendo parte de uma série de inúmeros
e muito bons produtos televisivos). Contudo, não podemos subvalorizar o
desempenho do actor.

 

Diogo Morgado
tem vindo a desempenhar papéis de grande relevo – protagonista – mas também
pequenos personagens, sendo que, ainda assim, lhes dá um toque único e
surpreendente, como aconteceu na sua interpretação no filme O Crime do Padre Amaro, também ele
produzido pela SIC.

 

Até aqui referi
apenas produtos da SIC, mas também na TVI, o actor ganhou espaço, sendo
protagonista, inclusivamente, da novela Tudo
por Amor
(2002) e algumas séries de humor.

 

Contudo, foi
mais uma vez na SIC que ganhou uma popularidade e exposição enormes. Falo-vos
da sua participação em Vingança
(2007) como Santiago Medina. Julgo que é unânime que não obstante a
complexidade da personagem por ele desempenhada, Diogo Morgado conseguiu
sobressair num leque de actores fantásticos. Demonstrando, assim, um dos seus
pontos fortes, desempenhar personagens com grandes cargas dramática e de intensidade
emocional, de tal forma que, como o próprio chegou mesmo a referir, era difícil
deixar o Santiago para trás e ser apenas o Diogo.

 

Foi, sem dúvida,
uma página nova na ficção nacional. Uma história que emocionou a todos e em particular Santiago
Medina
que deixaram um vazio na nossa televisão e, a meu ver,
uma marca na história das produções televisivas no nosso país.

 

Apesar do actor
ser excepcional no que toca a transmitir emoções, sofrimento, … Também teve inúmeras
participações em programas de comédia, tais como O Prédio do Vasco (TVI), Os
Malucos do Riso
(SIC), entre outros, revelando assim a sua faceta mais
divertida e engraçada, de forma espontânea.

 

Na televisão,
ainda se aventurou pela apresentação, nomeadamente de programas juvenis – Dá-lhe
Gás!

 

Importa ainda,
realçar que não foi só na televisão que Diogo Morgado se destacou, também no
cinema o actor fez várias incursões, das quais destaco a participação no filme
brasileiro A Selva. Quanto ao teatro,
destaco a peça Acredita, estou possuído,
mais uma vez uma comédia hilariante, exibida já na televisão pela TVI e
disponível no youtube, para quem quiser
assistir. Aconselho vivamente.

 

Só agora, Diogo
Morgado aceitou ser novamente protagonista de uma história do canal de
Carnaxide, após ter sido dada como certa a sua participação na sucessora de VingançaResistirei – a qual não se veio a verificar, optando por resguardar
um pouco a sua imagem e descansar do papel tão desgastante como Santiago Medina.
Actualmente, desempenha Rodrigo em Podia Acabar o Mundo, um engenheiro agrónomo que
luta pela guarda do seu filho.

 

Por fim, só
falta dizer que, fruto da sua projecção causada pela Vingança, o actor também teve diversas solicitações para campanhas
publicitárias, sendo a mais recente a participação no catálogo da marca Throttleman.

 

Para mais
pormenores deste actor, sugiro uma visita ao seu site, parceiro do TVUniverso,
onde podem encontrar vídeos, fotografias, mais dados, …

 

Não se esqueçam
de dar a vossa opinião no fórum sobre Diogo Morgado ou sobre a crónica. Até
daqui a dez dias.

 

Diana
Casanova

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of

ATV News