Estrelas na Terra

Camilo de Oliveira





Cá estou novamente neste espaço para
homenagear mais uma figura da televisão portuguesa. Desta vez com um ligeiro
atraso, pelo que peço desculpas, mas isto da faculdade começa logo à séria. Mas
vamos ao que interessa.

 

 

 

Camilo de Oliveira

17.09.08

 

Camilo de Oliveira comemorou recentemente 60
anos de carreira, celebração essa que teve honras de horário nobre na SIC. Por
esse facto, achei por bem homenageá-lo com esta segunda crónica do Estrelas na Terra.

A SIC conseguiu juntar alguns dos artistas
que com ele trabalharam, desejando, portanto, dar-lhe os parabéns por este
feito. Nesta cerimónia, onde reinou a boa disposição, como não podia deixar de
ser, Camilo esteve muito divertido, contando as suas histórias, como conseguiu
singrar no mundo do teatro e da televisão, bem como revelando os segredos do
seu sucesso.

 

Acima de tudo, para ele, o mais importante é
a disciplina, o profissionalismo. É uma pessoa muito talentosa, mas sobretudo muito
trabalhadora e empenhada, são estes do seu ponto de vista (e do meu) os
factores chave para se alcançar a excelência.

 

Camilo de Oliveira pode orgulhar-se de ter
nascido perto do palco, pois o seu parto foi feito no camarim da mãe no
Teatro
do Grupo Caras Direitas, a 23 de Julho
de 1934. Desde cedo teve, portanto, contacto com o mundo do espectáculo. Começou
a sua carreira no teatro em 1948, com apenas 14 anos de idade.

 

Começou a ganhar notoriedade no teatro, mas
apenas viu a sua projecção aumentar estrondosamente quando começou a realizar
séries para a televisão. Sendo que em cada série que fazia/faz preocupa-se em
deixar uma frase que se torna popular. Quem não se lembra do “A vida está difícil, psss”,
"Ai Agostinho. Ai Agostinho. Que rico vinho.
Vai uma pinguinha? Este país perdeu o tino. Armar ao fino, armar ao fino
"
e de tantas outras?

 

São programas
que fazem história da televisão portuguesa. Sendo Camilo de Oliveira um dos
actores com mais notoriedade, pelo que já se encontra a preparar um novo
programa a estrear em breve na SIC, cujo título deverá ser “Camilo, o
Presidente”.

 

Para além da
televisão, Camilo participou em inúmeras peças de teatro, algumas delas com
transmissão posterior na televisão, que contaram com a participação de grandes
referências da representação nacional, como por exemplo Ivone Silva. Dando, no
entanto, especial destaque a peças humorísticas.

 

No plano
pessoal, sempre foi tido como um Don Juan, estando, no entanto, casado com
Paula Marcelo, já há vários anos.

 

E por hoje é
tudo. Espero que tenham gostado. Votem e comentem no fórum.

 

Diana
Casanova

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close