Estrelas na Terra

Badaró




Badaró

 

 

 

Badaró é o nome
artístico de Manílio Haidar Badaró, um comediante de origem brasileira, mas que
se fixou no nosso país, chegando mesmo a naturalizar-se português.

 

Nascido há 75
anos, Badoró veio para Portugal no final da década de 50, e cedo se afirmou
como elemento da companhia brasileira Fogo
no Pandeiro
e grande actor que foi. Acima de tudo, primou pelo bom humor em
todas as fases da sua vida, até nas mais difíceis, como esta última.

 

É recordado por
Raul Solnado pelo seu talento e sucesso, como afirmou recentemente à Agência
Lusa, " Trabalhou muito e muito bem para crianças e foi muito popular. Fez
‘one man shows’ que ficaram na nossa
memória", disse, ainda, recordando-o como "um bom amigo, um homem de
bem, muito inteligente e culto".

 

Badaró trabalhou
em teatro, rádio e televisão durante várias décadas. Famoso por personagens
como o "Chinezinho Limpopó"
e ainda pela célebre expressão "Ó
Abreu, dá cá o meu
".

 

Apesar disso,
foi um actor bastante incompreendido pela classe teatral, o que não invalida o
seu grande talento, em particular as crianças e/ou jovens da década de 80
recordar-se-ão de Badaró com especial carinho, já que “acompanhou” a sua
infância, sendo considerado um ícone.

 

De facto, não me
foi possível encontrar muitos dados sobre o comediante, mas considero que era
importante deixar aqui a homenagem a mais um actor que nos deixou nestes
últimos tempos. Ambos deixarão, certamente, saudades.

 

Até daqui a dez
dias e não deixem de comentar a crónica no fórum.

 

Diana Casanova
Tags

/* ]]> */