Estrelas na Terra

Badaró





Badaró

 

 

 

Badaró é o nome
artístico de Manílio Haidar Badaró, um comediante de origem brasileira, mas que
se fixou no nosso país, chegando mesmo a naturalizar-se português.

 

Nascido há 75
anos, Badoró veio para Portugal no final da década de 50, e cedo se afirmou
como elemento da companhia brasileira Fogo
no Pandeiro
e grande actor que foi. Acima de tudo, primou pelo bom humor em
todas as fases da sua vida, até nas mais difíceis, como esta última.

 

É recordado por
Raul Solnado pelo seu talento e sucesso, como afirmou recentemente à Agência
Lusa, " Trabalhou muito e muito bem para crianças e foi muito popular. Fez
‘one man shows’ que ficaram na nossa
memória", disse, ainda, recordando-o como "um bom amigo, um homem de
bem, muito inteligente e culto".

 

Badaró trabalhou
em teatro, rádio e televisão durante várias décadas. Famoso por personagens
como o "Chinezinho Limpopó"
e ainda pela célebre expressão "Ó
Abreu, dá cá o meu
".

 

Apesar disso,
foi um actor bastante incompreendido pela classe teatral, o que não invalida o
seu grande talento, em particular as crianças e/ou jovens da década de 80
recordar-se-ão de Badaró com especial carinho, já que “acompanhou” a sua
infância, sendo considerado um ícone.

 

De facto, não me
foi possível encontrar muitos dados sobre o comediante, mas considero que era
importante deixar aqui a homenagem a mais um actor que nos deixou nestes
últimos tempos. Ambos deixarão, certamente, saudades.

 

Até daqui a dez
dias e não deixem de comentar a crónica no fórum.

 

Diana Casanova
Tags

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close