Esqueceram-se de Mim

Esqueceram-se de… Manuela Jorge!

Mais um sábado chegou e mais uma vez voltamos a relembrar personalidades desaparecidas dos ecrãs. Esta semana a actriz Manuela Jorge é o rosto do Esqueceram-se de Mim!

Para muitos o nome é talvez desconhecido, contudo, se falarmos na divertida personagem Micaela da sexta temporada de Morangos com Açúcar, talvez a realidade seja outra. Pois bem, a atriz está afastada dos ecrãs nacionais desde que participou na série juvenil da TVI e integrou posteriormente o banco de atores do programa das madrugadas da RTP 2, 5 para a Meia-noite, onde trabalhou na equipa de produção.
Com uma formação contínua na área da representação, que se iniciou com o Curso de Formação de Atores na ACT – Escola de Atores para Cinema, Televisão e Teatro, a atriz integrou ainda alguns anúncios publicitários, fez uma participação especial na prestigiada série da RTP Conta-me como Foi e ainda apareceu em Longe de Mais, um dos Casos da Vida da TVI. Apesar de ter aparecido constantemente em televisão durante alguns anos, os tempos são agora outros. Não que tenha parado de representar, pelo contrário, essa é a sua paixão, mas talvez a falta de convites mais aliciantes a façam permanecer atrás das câmaras.


Apesar disso, e com a sua já vasta experiência, juntou-se à também actriz Leonor Alcácer, que vimos recentemente em Rosa Fogo, trabalhando como Produtora Executiva da Leonor Alcácer Produções na realização de eventos e espectáculos. Ora, como se não bastasse, para além de dar vida a muitas personagens, empresta-lhes também a voz, em trabalhos de dobragem.
Ciente de que a formação é o caminho a percorrer, ingressou o Curso de Estudos Artísticos com a variante Artes do Espectáculo da Faculdade de Letras de Lisboa. Com tamanha experiência e vasta formação, é inquietante ver bons actores serem preteridos face a outros de talento dúbio. Ainda assim há que saudar Manuela Jorge pela aposta recorrente na formação. Afinal, muitos são os rostos das estações que apenas construíram carreira graças ao seu belo corpo. O trabalho de representação, esse, continua a ser sofrível…

Anselmo Oliveira

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close