Cine-Opinião

“Thor”

O Cine-Opinião está de volta. Esta semana analisaremos um filme que saiu há pouco tempo em DVD e que nos cinemas estreou há uns meses. Não obstante ser, por essa razão, “antigo”, Thor merece ser visto ou revisto, especialmente para os apreciadores do género mas não só.

Título: Thor

País de Origem: EUA

Ano: 2011

Género: Aventura

Elenco: Chris Hemsworth, Natalie Portman, Tom Hiddleston, Anthony Hopkins, Stellan Skarsgård

Realização: Kenneth Branagh

Trailer:

Com a marca da Marvel, Thor conta a história do poderoso e arrogante guerreiro – Thor (Chris Hemsworth) – que vive num reino fantástico (habitado por Deuses) e que devido à sua arrogância acaba por ser expulso daí e enviado para a Terra. Como seria de esperar, esta sua chegada à Terra demonstra muitas diferenças, desde logo pela indumentária, mas também pelos hábitos do quotidiano. É aqui que conhece Jane Foster (uma irrepreensível Natalie Portman) e a sua equipa de investigadores que acabam por funcionar como meio de integração neste planeta desconhecido. É este o mote para uma aventura de super-herói que teria tudo para ser falhada, não fosse o elenco ser fantástico, contando com o Deus Anthony Hopkins.

Do ponto de vista do enredo, é baseado no herói de banda desenhada mas o que faz deste filme mais atraente para aqueles que não são necessariamente fãs do género é a clara divisão da história em dois momentos: (1) quando conhecemos as razões para Thor ter sido expulso e enviado para a Terra, vemos a sua arrogância e a sua irresponsabilidade; (2) depois desta introdução à vida de Thor temos, então, a sua aventura na Terra. É aí que surgem momentos de alguma comédia, devido às “diferenças” de hábitos e Natalie Portman, vencedora de um Oscar, funciona um pouco como “fio condutor” de toda a dinâmica na Terra. É importante realçar igualmente os desempenhos de Chris Hemsworth, Tom Hiddleston e Anthony Hopkins que demonstram bastante emotividade, o que acrescenta uma carga dramática ao filme.

Eu diria que a fórmula do filme é semelhante à de tantos outros, mas o que o distingue é o elenco e a história de “background” que podemos conhecer na primeira parte do filme. Sem dúvida que existe espaço para mais um filme desta série e espero que seja efetivamente produzido. Do ponto de vista do enredo é possível, agora resta verificar se existe esse interesse por parte dos estúdios que produziram este filme.

Em suma, Thor trata-se de um filme que pode e deve ser visto não só pelos fãs de banda desenhada e super-heróis. É um filme agradável de se ver e que pode ser visto por toda a família. Agora que se aproxima o Natal até sugiro a sua oferta, pois é entretenimento de qualidade.

Para a semana regressamos com mais Cinema e Opiniões! Quarta-feira haverá mais um Cine-Opinião, até lá!

 

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close