Cine-Opinião

«The Amazing Spider Man»

the_amazing_spider_man_2012-wide

«Spider Man» foi um dos primeiros filmes que me deixou apaixonada, já lá vão uns aninhos. Sei que se trata de um filme «banal», mas para mim, não há nada como um bom filme de super-heróis. Este aracnídeo não deixa ninguém ficar mal, sendo mais do que um «bom filme».

«The Amazing Spider Man» passa-se, teoricamente, antes do primeiro «Spider Man» em termos cronológicos, mas nem tanto. É, sim, uma nova abordagem aos seus primeiros anos enquanto o herói mascarado da cidade. Depois de ser entregue a uma tia para o educar, com os seus pais a deixarem-no para o protegerem, o jovem Peter Parker (Andrew Garfield) cresce sempre com um interesse pela química e em descobrir mais sobre o seu passado. É desta forma que acaba por ser infetado por um vírus que o transforma no «Spider Man». Pelo meio apaixona-se por Gwen (Emma Stone) e tentará lutar com os seus próprios instintos, ou seja, será que deve utilizar os seus novos poderes para se vingar daqueles que lhe fizeram mal ou tentar «fazer o bem» (sim, tem de haver sempre esta parte)?

Depois de três filmes que adorei, embora tenha que reconhecer que não há nada como o primeiro, surge agora este «The Amazing Spider Man» e, sim, voltamos às origens e voltamos a um filme brilhante. Para mim, é. Tem tudo aquilo que um filme do género pode pedir e, mais, tem mais do que isso. O elenco, apesar de ter ficado reticente em aceitar outro Peter Parker, a verdade é que Andrew Garfield entrou no papel a 100%, sendo que as suas tiradas bem humoradas permitem-nos dar umas boas gargalhadas, mas por outro lado, o seu lado mais emotivo não deixa nada a desejar. Muito pelo contrário.

Emma Stone, o que dizer de Emma Stone? Não sendo uma daquelas protagonistas sem sal, muito longe disso, dá também o seu toque ao filme, tendo uma química irrepreensível com Andrew Garfield. Certamente que não é uma surpresa este seu desempenho, mas não deixa de ser preponderante referir isto.

A verdade é que «The Amazing Spider Man» é, quanto a mim, melhor do que original, por ser mais «castiço», pelas personagens serem mais reais e não tão «boazinhas» ou «mazinhas» (não me interpretem mal, adorei os outros filmes, mas comparando…). O humor é interessante e acaba por acrescentar uma certa graça ao filme. No geral, este é daqueles filmes que quero guardar para o futuro, ver e rever. Aconselho.

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=FpKPiHYJc54]

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close