Cine-Opinião

Monsters

Muitos são os filmes que merecem a nossa análise, uns mais recentes do que outros, é fascinante apreciar obras tão diferentes. Deste modo, e porque na semana passada, analisámos o Kung Fu Panda 2, esta semana passamos para a ficção científica, com um filme que estreou no mês de maio, embora seja uma produção do ano passado. Monsters, é uma obra de baixo orçamento, mas que nem por isso deve ser esquecida. A conhecida revista de cinema Empire atribuiu-lhe 5 estrelas. E nós analisamo-lo agora em mais um Cine-Opinião.

Data de estreia: 2011-05-12
Título Original: Monsters
Realizador: Gareth Edwards
Atores: Scoot McNairy, Whitney Able

Produção: Vertigo Films
Distribuidora: Pris Audiovisuais
País: EUA
Ano: 2010
Género: Drama, ficção científica, thriller.
Duração (minutos): 94
IMDb

Após a descoberta de vida nos outros planetas, a Terra é invadida por extra-terrestres que fazem alterar os hábitos de todos os habitantes do nosso planeta. Samantha Wynden (Whitney Able) está no México e pretende voltar para os EUA, contando para isso com a ajuda de Andrew Kaulder (Scoot McNairy). Andrew é um repórter fotográfico desconhecido que ainda luta por encontrar a fotografia que o vai tornar famoso. Após receber o pedido (melhor será dizer: ordem) do pai da Sam para a escoltar pela zona infetada até aos EUA, entra nesta jornada que vai mudar a vida de ambos.

As criaturas que assombram a zona interdita e infetada são, aparentemente, terríveis, mas de certa forma, os humanos já lhes conhecem alguns hábitos, havendo, deste modo, a possibilidade de ultrapassarem essa zona que separa o México e os EUA em segurança. Contudo, e como não poderia deixar de ser, nem tudo corre como planeado. A história é cativante pela forma como ambos os atores se vão conhecendo e lutando pela sua sobrevivência numa altura em que a Terra aprende a lidar com estas criaturas. Sobretudo, Monsters vale pela fantástica componente humana que nos mostra uma realidade terrível em que o receio de ser apanhado por estes monstros domina as vivências das pessoas, mas também, a nossa capacidade de adaptação.

O que pode esperar, então, de Monsters? Primeiro que tudo, e porque se trata de uma filme de ficção científica, prepare-se para bastante adrenalina, muito bons efeitos especiais, mas também emoções fortes, pelas relações que se vão estabelecendo ao longo desta jornada. Medo e receio de perda estão sempre presentes. Existem histórias complexas que envolvem os dois protagonistas e que vamos descobrindo ao longo da sua passagem pela zona interdita. É fascinante como existe esta combinação entre ação e a capacidade humana neste filme. Aliás, eu diria que é aí que reside o ponto forte desta obra, pois não é só um filme de monstros, excelentes efeitos especiais e pouco desenvolvimento das pessoas. Pelo contrário, aqui o foco está nas personagens e os monstros e a destruição por eles causada, no fundo, são secundários, sendo apenas uma restrição do ambiente em que vivem ambas as personagens e que lhes permite ficarem a conhecer-se melhor a si mesmos.

O mais incrível é que este é um filme cujo elenco é apenas composto por dois atores profissionais, e o realizador acumula a função de argumentista, edição, entre outras. O orçamento não permitiu mais, mas este é, sem dúvida, um filme a não perder. Entretém e faz-nos refletir, simultaneamente. Nós aconselhamos o seu visionamento.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close