Cine-Opinião

Kung Fu Panda 2

O Cine-Opinião, estreia-se hoje no A Televisão e promete continuar a transmitir todas as semanas um olhar sobre as obras que enchem os ecrãs das salas de cinema.
Deste modo importa relembrar que todas as quartas-feiras, eu, a Marta, a Diana, a Tânia e a Mónica analisamos um dos filmes que pode encontrar em cartaz.

A análise desta semana, destaca o filme de animação Kung Fu Panda 2, a sequela, para muitos, bastante esperada de uma aventura cheia de humor e diversão.

 

Data de estreia: 2011-06-09
Título Original: Kung Fu Panda 2
Realizador: Jennifer Yuh
Actores: Vozes de: Angelina Jolie, Seth Rogen, Gary Oldman, Jack Black, Jackie Chan, Jean-Claude Van Damme, Dustin Hoffman
Produção: Dreamworks Animation
Distribuidora: ZON Lusomundo Audiovisuais
País: EUA
Ano: 2011
Género: Animação/ Aventura
Duração (minutos): 90
IMDb: http://www.imdb.com/title/tt1302011/

 

 

Quando Po pensava que poderia finalmente descansar e viver em pleno o seu sonho como Guerreiro Dragão, protegendo o Vale da Paz na companhia dos seus amigos, Os Cinco Sensacionais (Tigresa, Grou, Louva, Víbora e Macaco) surge um novo majestoso vilão que planeia usar uma arma secreta para conquistar a China e eliminar por completo o Kung Fu. Pela primeira vez na história da animação o vilão é um altivo pavão! Que explicita de forma extraordinária a característica mais comum de todos os vilões: a vaidade.

Inicia-se então a aventurosa jornada que levará Po e os seus amigos a voltarem ao Passado, às suas origens mais misteriosas e escondidas nos segredos orientais, pois só assim poderão encontrar e utilizar o poder que tanto precisam, para mais uma vez salvarem o dia.
É  uma sequela que não pode perder, seja pelas gargalhadas, pela aventura ou pelo facto de este ser um dos poucos filmes de animação que nos transmite também conhecimentos históricos e culturais.
O voltar às origens transporta-nos por uma viagem através dos mitos, segredos e características orientais. Uma aliança muito bem conseguida que irá agradar tanto a miúdos como a graúdos, não deixando de referir a  a presença do hilariante Po, um panda gordinho que à primeira vista seria incapaz de ser o herói de um grupo de amigos que dominam a arte do Kung Fu.

Destacam-se as sequências de “luta” nas quais os personagens realizam movimentos altamente realistas e estonteantes, com principal enfoque para o caso do nosso vilão, que com a sua ostentosa cauda desfere golpes pelo ar que nos prendem ao ecrã. Estes, são tão reais que um movimento de um dos personagens é inspirado num movimento real e característico de Jean-Claude Van Damme (que dá também a voz a este personagem na versão original do filme).
A estas aliam-se espectaculares sequências de animação de paisagens e planos mais gerais, nos quais o detalhe não foi  esquecido.
Kung Fu Panda 2 vem mais uma vez provar que o cinema de animação continua em clara evolução e aperfeiçoamento. A não perder!

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close