Cine-Opinião

Capuchinho Vermelho – A nova aventura

Data de Estreia: 01-09-2011

Título original: Hoodwinked Too! Hood VS. Evil

Realizador: Mike Disa

Actores: (vozes) António Machado, Inês Castel-Branco, Luís Esparteiro, Simone de Oliveira, Victor de Sousa

Produção: The Weinstein Company

Distribuidora: Pris Audiovisuais

País:EUA

Ano:2011

Género: Animação

Classe Etária: M/6

Duração: 86 minutos

IMDb

http://www.youtube.com/watch?v=o-FycxO_jLI

Seja bem-vindo a mais um Cine-Opinião, hoje com “Capuchinho Vermelho – A nova aventura” em análise! Os filmes de animação continuam a dar cartadas no mundo do cinema, contudo parece que esta sequela ficou muito aquém do que seria esperado…

Quando a avó de Capuchinho (voz de Simone de Oliveira) é raptada por uma bruxa malvada, Capuchinho Vermelho (voz de Inês Castelo-Branco) vê-se obrigada a regressar do seu treino num local secreto. Unindo-se ao Lobo Mau (voz de João Lagarto), os agentes de “Happily Ever After” têm agora a arriscada missão de salvar a avó e as duas crianças que estão nas mãos da bruxa. Contudo, cedo se começam a aperceber que as coisas são talvez um pouco mais complicados do que inicialmente estaria previsto, e todo o mundo dos contos de fadas com finais felizes pode estar ameaçado!

A história parece empolgante, as personagens já são conhecidas e acarinhadas, e a aura que envolve o filme parece positiva. Contudo, quando entramos na sala de cinema e o filme começa, algo parece falhar redondamente. Com o desenrolar da história, apercebemo-nos do quão inconsistente é a narrativa, de como as personagens evoluem de forma forçada; o humor é aborrecido e não foge do banal, e infelizmente também não há aspectos positivos a apontar nesta passagem para 3D.

Capuchinho Vermelho – A nova aventura” é um daqueles filmes que nos fazem reflectir, pois apesar de aparentemente reunir todos os aspectos essenciais de divertimento, acaba por simplesmente falhar. Ainda assim, apesar de não conseguir vencer junto de um público mais exigente, “Capuchinho Vermelho – A nova aventura” pode ser uma boa aposta para os mais novos. Afinal, os contos de fadas têm sempre uma magia muito especial.

  • Miguel A Dias

    Nao gastem dinheiro a ver esta trampa de filme. Do pior que ja vi! Desilude

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close