Audimetria Semanal

Audimetria Semanal (82)

Boa noite. Na octagésima segunda edição da Audimetria Semanal os destaques continuam a abranger várias áreas da televisão nacional. Assim, para além da partida de futebol que ocorreu entre a seleção nacional e a Bósnia, é de destacar igualmente as séries que estrearam nas estações privadas no último sábado. Mas há mais, muito mais!

Está preparado para se sintonizar nesta suA Televisão?

Seja bem-vindo à Audimetria Semanal!

RTP1

Ocorreu no dia de ontem o jogo em que a seleção nacional defrontou a seleção da Bósnia, apesar de ter sido registado o empate a vitória foi alcançada pela estação pública que conseguiu ficar à frente do conjunto dos canais temáticos na média final de share de sexta-feira. Assim, se a RTP1 obteve 29% de share, o cabo ficou-se pelos 24%, facto que não acontecia já à algum tempo.
A partida subiu aos 19% de audiência média e aos 50,9% de share, por outras palavras, mais de metade dos portugueses que viam televisão a essa hora, estavam sintonizado no primeiro canal.  Tratando-se de um jogo de futebol, estes não são resultados surpresa, visto que estas transmissões atraem um grande número de espetadores, principalmente do género masculino. Os resultados do jogo influenciaram, também a audiência do Telejornal, que foi vencedor na área da informação.
É caso para dizer que a RTP continua a receber os frutos de um elevado investimento no futebol. Com ele é possível, não só vencer as generalistas, como igualmente o temível conjuntos dos canais por cabo que, nos últimos tempos, têm dado que falar.

RTP2

A presença de Henrique Sá Pessoa no segundo canal continua a fazer todo o sentido. Depois de ter conduzido alguns programas para o mesmo, o conhecido cozinheiro português, dá agora vida ao Ingrediente Secreto. Semanalmente, e na RTP2, o também “apresentador” sugere aos telespetadores uma nova receita deliciosa, aguçando os olhos a muitos de nós.

Assim, e no último domingo, Ingrediente Secreto conseguiu ser o programa mais visto do canal do Estado, alcançando uma audiência média superior a programas da RTP1, como por exemplo o filme da tarde, Armageddon, que se ficou pelos 2,9% de audiência média e 14% de share.

Ingrediente Secreto registou 3% de rating e 8,2% de share, aproximando-se cada vez mais dos dois dígitos neste segundo indicador. Semana após semana, Henrique Sá Pessoa tem vindo a surpreender, ocupando já uma posição central no segundo canal. Afinal, o seu programa já consta do top dos mais vistos da RTP2 durante os sete dias analisados nesta Audimetria Semanal.

SIC

Estreou no dia 6 de novembro a nova série da estação de Carnaxide, em competição com o também primeiro episódio de Terra Nova, a nova aposta da TVI para as tardes de domingo. O duelo foi interessante: com enredos diferentes, mas com uma história que é aplaudida internacionalmente, estas duas produções cativaram os telespetadores.

Mesmo sabendo que só foram transmitidas em simultâneo a partir das 14h40, Pan Am e Terra Nova superaram os 5% de audiência média. Se, a primeira, registou 5,3% de rating e 25,9% de share, a segunda obteve 5,8% de rating e 26,6% de share. A TVI levou a melhor sobre a aposta da SIC, contudo acabou por perder para Fama Show, na medida que o magazine da SIC ultrapassou os 7% de audiência média.

É caso para dizer que também este tipo de produções agradam aos portugueses, principalmente aos domingos à tarde, nos quais as repetições cinematográficas tendem a ser mais que muitas. Um aplauso para as duas estações privadas nacionais, e igualmente para os telespetadores por terem demonstrado interesse em acompanhar estas duas séries.

TVI

Apesar de Teresa Guilherme ter regressado com pompa e circunstância à apresentação de reality-shows na TVI, a verdade é que esta segunda temporada da Casa dos Segredos parece estar longe de alcançar os resultados da primeira temporada, apresentada por Júlia Pinheiro. Assim, e mesmo sabendo que Peso Pesado já não tem o mesmo peso que a temporada passada, este Secret Story tem tido dificuldades em cativar um maior número de telespetadores.

Assim, no último domingo, o Jornal das 8 destronou a liderança do Jornal da Noite registada em semanas anteriores, e ocupou o primeiro lugar do top dos cinco programas mais vistos do dia. Mesmo assim, a Casa dos Segredos acabou por ficar um pouco aquém das expectativas, apesar dos 39% de share que alcançou.

Com 12,9% de audiência média, o reality-show da estação de Queluz de Baixo ficou a pouco mais de dois pontos de distância do concurso do terceiro canal. Apesar de ser ainda uma distância considerável, a verdade é que poucos foram aqueles que imaginaram inicialmente que esta aposta da TVI ficasse tão perto da da SIC aos domingos à noite.

Afinal, os diários podem vencer, mas aquilo que os portugueses deveriam querer saber é “quem sai e quem fica”. Nos últimos tempos, não é isso que tem acontecido. O que se passará?

Número da semana

12,9%

Foi o share do especial Peso Pesado emitido no último domingo, logo após o final da gala do reality-show da estação de Carnaxide. O programa foi o décimo mais visto da SIC, com 2,5% de audiência média.

Até para a semana!

  • Paulo

    Não concordo mesmo nada com esta análise. O SS mantém-se com grandes números. Se a audiência diminuiu em relação à 1ª edição foi porque a conjetura atual assim levou a tal. Se repararem bem todos os programas têm menos audiência que a algum tempo atrás…jornais, novelas, reality shows, concursos, etc…não se percebe, quando realçam tanto o cabo, e as alternativas que entretanto surgiram, como não associam isso a essa quebra de audiências????!!! Afinal muita gente viu-se quase que “obrigada” a ter cabo devido às mudanças tecnológicas que surgiram e vão continuar a surgir, o famoso TDT e afins. Assim, não crucifiquem o programa de qualquer maneira sem analisarem bem a situação atual. Mais isenção e análises menos tendenciosas, precisam-se. Nós, leitores do site, agradecemos.

    • Daniel Marques

      Já para não falar que os canais generalistas também são vistos através do cabo.

  • Diogosantos_91

    Paulo,

    Temos opiniões diferentes. Eu respeito a sua, espero que respeite a minha. Durante a semana, os diários da “Casa dos Segredos” mantém uma audiência razoável, com destaque para dias específicos.
    Aos domingos, não é isso que acontece, pois a quantidade de telespetadores a assistir à Casa dos Segredos é menor. Mesmo sabendo que a duração do programa é superior aos diários, não deixa de ser curioso esta quebra nas audiências. Não se trata de ser tendencioso, pois até eu vejo o reality-show da TVI. No entanto, a análise é comparativa e, como tal, é necessário ter em conta os resultados anteriores e da edição passada.

    Daniel,

    Ninguém disse o contrário.

    Com os melhores cumprimentos,

    DS

/* ]]> */