Audimetria Semanal

Audimetria Semanal (75)

audimetria_semanal2

A semana que passou foi marcada por estreias, várias estreias. Se, na estação pública, Pedro Granger deu a conhecer-se como apresentador de um concurso de cultura geral, na SIC foi lançada mais uma aposta na ficção nacional. Rosa Fogo, protagonizada por Ângelo Rodrigues, Cláudia Vieira e Rogério Samora, iniciou um novo ciclo na história do terceiro canal. Por fim, e em termos de segredos, foi Teresa Guilherme que os desvendou na segunda temporada do reality-show que marcou o ano de 2010. A antiga profissional de Carnaxide voltou assim às que a fizeram tornar-se numa das apresentadoras mais queridas do nosso Portugal.

No que toca ao segundo canal, o destaque vai para a exibição de uma conhecida série que continua a marcar os telespetadores. Os tempos mudam, mas os Simpsons continuam a ser uma das produções mais aplaudidas dos últimos anos.

Apresentadas as minhas escolhas, porque não juntar-se à septuagésima quinta edição da Audimetria Semanal? Conto consigo!

RTP1

Estreou na segunda-feira a terceira temporada de O Elo Mais Fraco. Depois de Júlia Pinheiro e Luísa Castel-Branco, Pedro Granger foi o escolhido para conduzir o popular concurso de cultura geral do primeiro canal. Apesar da especulação feita à volta da sua possível performance, a verdade é que não se pode afirmar que o também ator tenha desempenhado um mau trabalho. Muito pelo contrário. Pedro Granger cumpriu os mínimos exigidos, e até os ultrapassou em larga escala. O único problema centrou-se no facto de o telespetador estar tão habituado a vê-lo representar, que não conseguiu distinguir nele a diferença entre ator e apresentador.

Por outro lado, e tal como havia referido numa das edições do Falar Televisão desta semana, Pedro Granger não acrescentou muita a este Elo Mais Fraco. Apesar de ser um concurso de pouca conversa, a razão pela qual o apresentador foi o eleito para conduzir o formato parece-me, de certa forma, descabida.

Os 7% de audiência média e 17% de share, no dia de estreia, provam exatamente isso. Independentemente daquilo que estaria a ser exibido pela concorrência, qualquer outro profissional da estação pública que fosse querido dos portugueses conseguiria alcançar tal resultado. Por outras palavras, penso que, e mais uma vez, a direção de programas da RTP1, apoiada pela produtora Freemantle, decidiu optar pela veia comercial, em vez de aproveitar os recursos da casa.

RTP2

São uma das séries mais antigas dos Estados Unidos da América. Com mais de vinte anos, Os Simpsons, continuam igualmente a ser uma aposta do segundo canal para as noites de domingo. Exibidos entre as 20h20 e as 21h00, os dois episódios desta série atingiram os dois primeiros lugares do top dos dez programas mais vistos da RTP2 no último domingo.

Com 1,5% e 2,1% de audiência média, os capítulos transmitidos conseguiram ser uma boa alternativa às más notícias transmitidas pelo Telejornal, Jornal da Noite ou Jornal das Oito. Sabendo que, de certa forma, o segundo canal pretende ser “a alternativa”, então penso que este é um bom exemplo de como conseguir tal proeza.

Continuo a defender que a RTP2 tem condições para alcançar melhores resultados, basta a direção de programas seguir decisões acertadas. Esta série, 5 para a Meia-Noite, Ingrediente Secreto, Sociedade Civil, ou tantos outros programas, são bons exemplos de conteúdos televisivos interessantes que não passam nos “grandes canais”.

Por esta razão, os telespetadores só têm de estar agradecidos por existir esta “alternativa”. Da minha parte, obrigado!

SIC

Tal como O Elo Mais Fraco, também Rosa Fogo estreou na segunda-feira. Com novos atores, novas histórias e, principalmente, um argumento diferente do de Laços de Sangue, a nova novela da estação de Carnaxide promete surpreender. Não liderou na estreia, nem alcançou um grande resultado, sem dúvida alguma. Mesmo assim, não igualou anteriores fracassos em estreias de produções da SIC no que toca a audiências.

Na sua primeira semana de exibição, Rosa Fogo registou uma razoável audiência média, não ficando fora dos dez programas mais vistos do dia em nenhum dos cinco dias em análise. Por outro lado, conseguiu sempre um satisfatório lead-in para Laços de Sangue.

Apesar de ter perdido para as novelas da estação de Queluz de Baixo, Rosa Fogo não desiludiu, provando que existem muitas barreiras a ultrapassar para que uma estreia na ficção nacional do terceiro canal consiga registar um grande resultado. Com 10,6% de audiência média e 25,8% de share, a produção de Carnaxide venceu em larga escala O Elo Mais Fraco, e perdeu, por menos de 1,5% de rating, para Remédio Santo.

Veremos o que acontecerá daqui para a frente, quando a direção de programas da SIC deixar de contar com Laços de Sangue como atrativo.

TVI

Estreou no domingo a segunda temporada da Casa dos Segredos. Tal como na primeira edição, com Júlia Pinheiro, as novidades do reality-show da estação de Queluz de Baixo eram mais que muitas. Nova apresentadora, novos concorrentes e, principalmente, novos segredos, foi esta a ementa apresentada pela TVI para a noite de domingo.

Independentemente do caráter dos participantes, e dos seus ideais de vida, a verdade é que também esses foram manipulados pela produção do formato do canal da Media Capital, de forma a despoletar alguma polémica.

Tal como referi no Falar Televisão, estava à espera de um resultado mais elevado para a estreia que marcou o último domingo. 15,1% de audiência média e 45,1% de share foi, de facto, um bom resultado, mas terá esse o valor idealizado pela direção de programas da TVI?

Depois de tanta polémica entre Teresa Guilherme e Júlia Pinheiro, a verdade é que a segunda conseguiu um melhor resultado que a primeira na estreia da Casa dos Segredos. Apesar desta realidade, é de salientar que os diários da noite, transmitidos imediatamente após o Jornal das 8, conseguiram alcançar resultados satisfatórios.

Com Leonor Poeiras ao comando, as referidas emissões alcançaram o primeiro lugar do top dos cinco programas mais vistos do dia nos cinco dias analisados.

Veremos o que sucederá com a estreia da segunda temporada de Peso Pesado.

Número do dia

10,2%

Foi esta a audiência média da aposta da estação de Carnaxide para a noite de domingo. Ronaldo Testado ao Limite foi o quinto programa mais visto do dia.

Até para a semana!

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close