Audimetria Semanal

Audimetria Semanal – 41ª Edição

alt

Boa noite. Seja bem-vindo a mais uma “Audimetria Semanal”!

Resumo Semanal
Os últimos sete dias foram marcados pela proximidade de audiências entre a RTP1 e a TVI. Ao longo da semana foi possível verificar que a estação pública conseguiu estar a uma décima do canal da Media Capital. Estes números apenas vêm provar a fragilidade da estação de Carnaxide, que não conseguiu ir além dos 23% de share num único dia de semana.
Por outro lado, de salientar a partida emitida pela TVI entre o Futebol Clube do Porto e o Nacional da Madeira. O jogo de futebol não conseguiu atingir os 30% de share, acabando por não figurar na tabela dos cinco programas mais vistos do dia da última quarta-feira. Corresponde este valor a uma ajuda para a estação de Queluz de Baixo concluir que o investimento na Liga Portuguesa nem sempre lhe compensa? Ainda em relação ao futebol, a “Gala Eusébio”, apresentada por José Carlos Malato e Tânia Ribas de Oliveira não se destacou nas audiências, acabando por se ficar pelos 6,7% de rating.
Para além destas apostas, a semana foi igual a tantas outras, na qual o duelo entre as novelas venceu.
Manhãs (10:00 – 13:00)

alt

“Companhia das Manhãs”, ao contrário de “Boa Tarde” conseguiu atingir valores que lhe permitiram fazer do top dos dez programas mais vistos da SIC durante alguns dias. Por exemplo, na quarta-feira, chegou praticamente aos 24% de share. Apesar desta subida, “A Praça da Alegria” e “Você na TV!” continuaram à frente. Mesmo sem Cristina Ferreira a seu lado, Manuel Luís Goucha conseguiu suportar o talk-show matinal da TVI, tendo alcançado na última quinta-feira 3,8% de audiência média e 35,2% de share. Jorge Gabriel e Sónia Araújo também não se saíram mal. “A Praça da Alegria” conseguiu aproximar-se de “Você na TV!” em alguns dias, nomeadamente na segunda-feira, data na qual o programa matinal da RTP1 chegou aos 3,5% de rating e 31,1% de share.

Tardes (14:00 – 20:00)

alt

Na semana que passou, o grande destaque vai para “Portugal no Coração”. O talk-show das tardes da estação pública alcançou excelentes resultados nos últimos dias. Se, na segunda-feira, o seu share foi de 25,8%, na quinta-feira o mesmo passou para 32%. O principal lesado com tais audiências foi “Boa Tarde” que, mais uma vez, não marcou presença no top dos programas mais vistos da SIC num único dia. Quanto ao programa de Fátima Lopes, de salientar que na segunda-feira se ficou pelos 2,8% de rating e 23,3% de share. No entanto, nos restantes os valores foram bem mais positivos.
Leonor Poeiras continua a obter melhores resultados à segunda-feira. “Agora É Que Conta” atingiu os 4,1% de audiência média no dia 24 de Janeiro. O share do concurso das tardes da TVI rondou os 23 pontos.

Em relação ao final de tarde, a parceria entre “Portugal em Directo” e “O Preço Certo” continua a surtir efeitos. Ambos os programas alcançaram excelentes números. Por exemplo, na quinta-feira, o noticiário apresentado por Dina Aguiar atingiu os 9,1% de rating e 38,1% de share, um excelente lead-in para o concurso de Fernando Mendes, que nesse dia obteve 12,4% de audiência média e 35% de share. Não esquecer a performance de “Morangos com Açúcar” pois, mesmo não liderando, a série proporciona uma boa herança ao “Jornal Nacional”. “Escrito nas Estrelas” continua com o valor de 8% de rating.

Destaques negativos para “Lua Vermelha”, “Ribeirão no Tempo” e “Ti Ti Ti”.

Noite (21:00 – 00:00)

alt

“Espírito Indomável” permanece intocável. A novela da estação de Queluz de Baixo continua a atingir ratings na ordem dos 17%, impossibilitanto a concorrência de vingar no horário nobre. Assim, tanto “Malucos do Riso” como “Quem Quer Ser Milionário – Alta Pressão” sofreram as consequências das boas audiências da produção da TVI. Quanto ao duelo entre “Laços de Sangue” e “Mar de Paixão”, as diferenças de resultados começam agora a ser notadas. Indepentemente do lead-in que cada uma das novelas recebe (o da TVI é claramente superior), a verdade é que a produção protagonizada por Paula Lobo Antunes está à frente, bem à frente. “Laços de Sangue”, apesar de continuar a proporcionar bons resultados à SIC, durante esta semana, ficou-se algumas vezes pelos 25% de share.

Num duelo muito mais equilibrado estão “Passione” e “Sedução”. A novela do canal da Media Capital está claramente abaixo das expectativas, provando os seus resultados as consequências das constantes mudanças de horário que a TVI decidiu. Por exemplo, na última quinta-feira, enquanto “Passione” atingiu os 4,2% de rating, “Sedução” não foi além dos 5%, um valor muito baixo para uma novela da estação de Queluz de Baixo.

De referir por fim, as reportagens no horário nobre. Na “Linha da Frente” desta semana, “Quem És Tu?” alcançou o quinto lugar da tabela dos programas mais vistos de quarta-feira, com 12,4% de audiência média.

Figura da semana

alt

Rui Vilhena
Foi nesta sexta-feira que a Notícias TV lançou uma reportagem sobre o mal-estar que o elenco de “Sedução” está a viver. As constantes alterações de horário da novela da TVI acabaram por levar o autor Rui Vilhena a pronunciar-se sobre os resultados que a produção tem vindo a alcançar. O profissional da estação de Queluz de Baixo está desiludido “com o que fizeram com Sedução”. Rui Vilhena protagoniza assim a semana desta “Audimetria Semanal”, vindo provar que a TVI está disposta a sacrificar as suas produções em favor das audiências. E se a próxima estreia também não agradar aos telespectadores, o destino será o mesmo?

O número da semana

2,1%

Foi o share que o National Geographic atingiu na terça-feira. O canal foi o terceiro mais visto do cabo desse dia.

alt

MMV – Minuto Mais Visto da Semana

alt
O “Minuto Mais Visto” desta semana foi disputado pela TVI e RTP1. Apesar disso, foi a estação de Queluz de Baixo que acabou por vencer este campeonato, com “Espírito Indomável” a atingir os 19,6% de audiência média e os 47,4% de share, às 22:01, do dia 19 de Janeiro.
Já na estação pública, foram as “Presidenciais 2011” que alcançaram o maior pico de audiência da semana em análise. O especial alcançou 19,1% de rating e 42% de share, pelas 20:36, do dia 23 de Janeiro.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close