Audimetria Semanal

Audimetria Semanal – 40ª Edição

Boa noite. A Audimetria Semanal chegou à sua quadragésima edição. É altura de festejar e, acima de tudo, alterar o modelo que esta rubrica tem vindo a apresentar. Assim, neste sábado, pode contar com uma Audimetria diferente, mas sempre com um olhar incisivo sobre as audiências!
Resumo semanal

Numa semana em que “Espírito Indomável” liderou em todos os dias o horário nobre da televisão portuguesa, o duelo entre os noticiários da RTP1 e TVI agudizou-se. Se na segunda-feira o “Telejornal” ultrapassou a barreira dos 15% de rating, na quinta-feira o “Jornal Nacional” foi o segundo programa mais visto do dia. O confronto entre “Laços de Sangue” e “Mar de Paixão” também se salientou, numa semana em que “Sedução” acabou por ficar demasiado próxima de “Passione”.
Passemos então a uma análise mais pormenorizada dos últimos dias da televisão nacional.

Manhãs (10:00 – 13:00)

alt

A semana foi marcada pelo aumento do share de “Você na TV!.” O programa matinal da estação de Queluz de Baixo alcançou, por exemplo, 38,6% na última terça-feira. Este é um valor considerável, tendo em conta que “A Praça da Alegria” continua com boas audiências. De destacar ainda o facto de “Companhia das Manhãs” não ter marcado presença em nenhum dia da semana no top dos dez programas mais vistos da estação de Carnaxide. Será que com a chegada de Júlia Pinheiro esta tendência decrescente se alterará? Para a SIC, esta é uma hipótese que necessita de se tornar uma certeza, pois nem “Companhia dos Amigos” conseguiu captar a atenção dos telespectadores. O especial do terceiro canal não foi além dos 18,7% de share, na emissão da tarde.

Tardes (14:00 – 20:00)

alt

Tal como nas manhãs, também à tarde a SIC não conseguiu que “Boa Tarde” alcançasse um posto na tabela dos seus dez programas mais vistos do dia. No lado oposto esteve “Portugal no Coração” que, na terça-feira, obteve 2,9% de rating e 23,7% de share, um resultado superior ao do dia anterior. Já a “Tarde é Sua”, não conseguiu resistir à concorrência das novelas brasileiras do primeiro e terceiro canal. Enquanto “Alma Gémea” atingiu em vários dias os trinta pontos de share, “Ribeirão do Tempo” mesmo não tendo alcançado tais valores, conseguiu uma boa performance ao longo da semana. Apesar disso, o talk-show de Fátima Lopes obteve 3,4% de rating e 31,3% de share na segunda-feira.
Em relação ao horário das 17:00 às 20:00, destaque para “Agora É Que Conta”. O programa de Leonor Poeiras marcou presença no top dos mais vistos da TVI durante toda a semana, sendo que foi na segunda-feira que alcançou o melhor resultado: 4,5% de audiência média e 27,7% de share. Quanto a “Portugal em Directo”, obteve valores que lhe garantiram a liderança. Os bons resultados do programa de Dina Aguiar acabaram por contribuir para a boa performance de “O Preço Certo”, que esta semana viu a série “Morangos com Açúcar” subir ao top dos cinco programas mais vistos do dia. Quanto às novelas da SIC, cumpriram os requisitos mínimos, ou seja, um rating considerável para que o “Jornal da Noite” conseguisses resultados razoáveis.
Noite (21:00 – 00:00)

alt

Tal como referido no resumo da semana, “Espírito Indomável” alcançou a liderança a partir das 21:00 em todos os dias em análise. Com a alteração de horário de “Mar de Paixão”, a estação de Queluz de Baixo melhorou consideravelmente os seus resultados a partir das 22:30. Apesar desta mudança, “Laços de Sangue” acabou por não sair prejudicada nas audiências, de tal forma que em alguns dos dias em análise ficou próxima da novela da TVI. Foi o caso de quinta-feira, 20 de Janeiro, data em que a produção da estação de Queluz de Baixo alcançou 11,1% de audiência média e a da estação de Carnaxide 10,4%. Quanto ao duelo de “Sedução” e “Passione”, apesar da novela da TVI continuar a vencer, a da SIC aproximou-se. Já a RTP1, depois do término da emissão de “Quem Quer Ser Milionário – Alta Pressão”, as audiências sofrem um grande decréscimo. Tal como em edições passadas desta rubrica, é caso para referir que a estação pública continua com um “buraco” a partir das 22:45. Por exemplo, “Portugueses pelo Mundo” não foi além dos 10,7% de share nesta última quinta-feira.
Figura da semana

alt

Sílvia Alberto
Termina esta noite a quarta temporada de “Operação Triunfo”. Apesar de as audiências do talent-show da RTP1 não terem sido as melhores, com o share da maioria das emissões abaixo dos 20%, Sílvia Alberto considera que o concurso esteve à altura das expectativas. A verdade é que, depois de uma rentrée televisiva marcada pela estreia da primeira temporada da “Casa dos Segredos” e da quarta do “Ídolos”, “Operação Triunfo” acabou por ficar muito longe do sucesso alcançado por ambos os programas.
Sílvia Alberto deu o seu melhor, e mereceu a aposta da estação pública. No entanto, não foi o suficiente para os portugueses ficarem conectados aos dezasseis concorrentes da “OT”.
Número da semana

34,2%

Foi o share que a emissão de “Depois da Vida” desta sexta-feira obteve, com o convidado especial Carlos Castro.

alt

Minuto Mais Visto da Semana

alt

O Minuto Mais Visto da Semana foi marcado pelos espaços informativos. Se, na TVI, o “Repórter TVI” alcançou no dia 10 de Janeiro, pelas 21 horas e 32 minutos, 20,7% de audiência média e 48,1% de share, “Perdidos e Achados” da SIC obteve, cinco dias depois, 16,7% de audiência média e 43% de share pelas 21:14. Por fim, o “Telejornal” foi o programa que alcançou o maior pico de audiência do primeiro canal na última semana em análise. De destacar ainda os 17,9% de share de “Couto & Coutadas”, pelas 19 horas e 25 minutos do 15 de Janeiro. Com o “Tempo de Antena” na concorrência, a RTP2 beneficiou por a propaganda eleitoral não ocupar a sua grelha.
Tags

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close