Audimetria Semanal

Audimetria Semanal – 18ª Edição

alt
Muito boa noite. Seja bem-vindo à décima oitava edição da Audimetria Semanal!

Resumo semanal

O fim-de-semana foi positivo para a SIC. Com Alta Definição, Fama Show, os filmes, a final de Achas Que Sabes Dançar?, os noticiários, a Grande Reportagem SIC, e BBC: Vida Selvagem a obterem resultados bastante satisfatórios, a estação de Carnaxide viu a tal luz ao fundo do túnel.
No entanto, o fim-de-semana são dois dias, e a semana tem cinco. E é precisamente nesta segunda ronda que o terceiro canal ainda não se conseguiu impor. Quem ganha com isso são a RTP1, a TVI e o Cabo.

Na estação pública, destaque para Projecto Moda. Apesar das grandes expectativas o resultado do primeiro episódio não foi nada sugestivo. De destacar sim a prestação dos noticiários do primeiro canal que continuam na linha da frente.

Na TVI, as novelas continuam a reinar no horário nobre. Os Morangos lideram, mas não conseguem que o Jornal Nacional mantenha a vitória obtida às 19:00.

Estrela em Ascenção

Caras & Bocas está a subir. E está mesmo a ameaçar. Se há cerca de duas semanas duvidava de uma vitória da novela brasileira no horário das 19:00, hoje já não tenho tantas certezas de isso não acontecer. Por exemplo, na quarta-feira, a produção da Globo alcançou 5,6% de rating e 28,7% de share, contra os 5,2% de audiência média e 24,2% de share de O Preço Certo. A série Morangos com Açúcar conseguiu vencer, é verdade. Mas a diferença foi muito curta: 6% de rating e 27,5% de share. Será que ainda vamos regressar ao passado? Passo a explicar, há alguns anos eram as produções da Globo o grande lead-in do Jornal da Noite. Parece-me que, pelo menos agora, isso poderá acontecer. Caras & Bocas está a um pequeno passo de ganhar.

O pior da semana

Se há oito dias Vida Nova estava em maus lençóis, nesta semana esse título passa para Pai à Força. A série da RTP1, transmitida após Quem Quer Ser Milionário – Alta Pressão não tem conseguido impor-se face à concorrência. Por exemplo, na última segunda o resultado foi incrivelmente baixo: 4,1% de audiência média e 12,9% de share. Ainda está para chegar o dia em que a estação pública vai conseguir ter um bom horário nobre completo, que não seja apenas composto por um programa de sucesso. Tal como já referi noutras edições da Audimetria Semanal, deixem as repetições para os sábados e domingos à tarde. Vão ver que dão resultado…

O melhor de cada canal

RTP – 5 Para a Meia-Noite (repetição) – O melhor da RTP desta semana aconteceu na sexta-feira, mas não no primeiro canal. Apesar de ter passado às 2:30, a repetição de 5 Para Meia-Noite do último dia 23 de Julho, não se ficou pelos 10% de share, nem 15%, nem 20%. Alcançou 24,2%! Logicamente, nessa madrugada o segundo canal conseguiu ser mais visto que as outras generalistas. Apesar da hora em que foi transmitido, é necessário destacar tal resultado. Não sei de quem foi a ideia de emitir os episódios já gravados de 5 Para a Meia-Noite após o término dos directos, mas sei perfeitamente que as audiências têm sido mais que positivos.

SIC – Alta Definição – O último sábado foi marcado por um baixo consumo televisivo. No entanto, não foi apenas por isso que Alta Definição conseguiu entrar para a quinta posição do top dos cinco programas mais vistos do dia. Com 7,4% de rating e 30,8% de share, o magazine conduzido por Daniel Oliveira surpreendeu tudo e todos com uma entrevista a Carlos Cruz. E é por isto, que Alta Definição continua em “alta”. A selecção de caras para entrevistar é infindável, e Daniel Oliveira sabe disso. A chave do sucesso do programa está numa pequena palavra, que resulta em grandes audiências: pensar.

TVI – Quem Quer Ganha – Escolher Quem Quer Ganha como o melhor da TVI poderá ser injusto. Mas, de facto, foi um dos poucos programas da estação de Queluz de Baixo que ainda não destaquei nesta categoria, e que tem subido nas audiências. Apesar de não vencer sempre, e de por vezes ficar na casa dos 20% de share, o concurso continua a prender a atenção dos portugueses. Não sei até que ponto é que vence o Vida Nova de José Figueiras, uma vez que o talk-show da SIC apresenta um resultado que corresponde a uma média de três horas, e o Quem Quer Ganha ao de uma. Porém, Leonor Poeiras está de parabéns. Desconheço até que ponto o término do seu concurso é verdade. E, talvez estes bons resultados, possam dar algum alento à TVI para o reformular totalmente, e dedicar menos tempo ao jogo de casa. Na quarta-feira, Quem Quer Ganha chegou aos 3,2% de rating e aos 24 pontos, tendo sido mais visto que As Tardes da Júlia.

Expectativas

Neste domingo, estreia o novo concurso de moda da SIC – À Procura do Sonho. O que esperar? Não sei. Talvez o resultado seja satisfatório. Tudo depende da curiosidade dos portugueses.

Esta sábado, na RTP1, a estreia de Carregue o Botão promete colocar os portugueses a rir. Com o talento de Fernando Mendes e José Carlos Malato, é difícil que os telespectadores fiéis à RTP1 não se rendam ao talento de ambos os apresentadores.
Na TVI, as novelas vão, apesar do baixo rating, liderar o top dos cinco programas mais vistos do dia. No entanto, a perfomance dos talk-shows do canal não será a melhor.

Até para a semana!

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close