Audiências à Lupa Rubricas

Audiências à Lupa – janeiro 2012

Bem-vindo a mais um ano (tardiamente, é certo) de Audiências à Lupa. 2012 traz-nos algumas alterações a este nível, desde logo pelo facto de haver uma nova empresa a fazer as medições de audiências, mas isso só aconteceu a partir de março, pelo que vamos esquecer as polémicas e guardar a sua análise para quando fizermos a edição referente a março. Para já, vejamos o mês de janeiro.

Novo ano, mais instabilidade audimétrica. É interessante verificar que a TVI e a RTP1 em janeiro evoluíram de forma “coordenada”, com, obviamente, a TVI a manter uma distância considerável da estação pública. Veja-se os picos registados a 8 e 22 de janeiro. Se a SIC iniciou 2012 com resultados elevados, no final do mês esmoreceu um pouco, mas mantém-se com poucas oscilações ao longo do mês. O Cabo, esse, continua no topo, com valores acima dos restantes canais. Obviamente que é preciso considerar que se trata de um conjunto de canais, mas isto vem reforçar a ideia da importância da amostra selecionada.

Sabendo nós que as audiências são medidas atendendo a uma amostra, é fundamental que esta seja determinada de forma coerente e precisa, caso contrário invalida a correta medição das audiências. É certo que hoje em dia, eu diria que a maioria da população tem algum tipo de serviço por cabo contratado, pelo que faria sentido, sim, alargar o peso na amostra desse “extracto”. Contudo, há que compreender esta luta desigual que muitas vezes se vê comentar por essa web a fora referindo que o Cabo bateu a TVI. É verdade, mas a análise deve ser feita ora dentro do Cabo (com os diversos canais) ou apenas entre as generalistas. Do meu ponto de vista, até seria a primeira a melhor análise. Ainda assim, prossigamos.

Por último, importa referir que a RTP2 se manteve dentro dos seus valores habituais. Assim, podemos verificar que este ano se iniciou com muitas oscilações, mas que o Cabo continua a surgir em primeiro nas audiências. No âmbito das generalistas, é a TVI que continua líder indiscutível ao longo do mês, salvo raras exceções em que é ultrapassada pela SIC. A RTP1, essa, surge cada vez mais em terceiro lugar no pódio, sendo que o máximo que conseguiu em janeiro foi aproximar-se da SIC. No entanto, é importante observar se estas tendências se mantêm aos fins de semana. Vejamos o seguinte gráfico.

No dia 1 de janeiro de 2012, a tarde forte de filmes interessantes fez com que a SIC se destacasse, mas nos restantes sábados e domingos, a luta levou com que a TVI se saísse melhor em quase todas as situações. Para isso contribuiu não só o futebol, que como já se sabe, nem sempre resulta bem na TVI, mas também Remédio Santo. Ainda assim, verificamos que a SIC, mais uma vez, mantém valores bastante constantes ao longo do mês em termos de fins de semana. Já a TVI e RTP1 registam valores bastante dispares, o que revela alguma instabilidade por parte das apostas destes canais para estes dias.

Mas vejamos estas tendências em números, de forma a resumirmos aqueles que foram os principais valores do mês de janeiro.

Podemos observar a luta renhida em termos de valores do Cabo e TVI, tanto aos fins de semana como nos dias úteis. Noutro patamar surge a SIC, que fica com uma distância de à volta de 4 pontos face à linha da frente. Contudo, vemos que os valores que regista aos sábados e domingo são ligeiramente superiores, o que está relacionado com a aposta do canal de Carnaxide no cinema e outros formatos para as tardes de fim de semana. Por outro lado, a RTP1, como habitualmente, revela-se muito mais forte nos dias úteis, para o que muito contribui a informação da ainda estação pública. Aos fins de semana regista um valor, arrisco-me a dizer, desastroso.

Por fim, importa verificar que todos os canais tiveram valores muito díspares, revelando uma grande instabilidade ao longo do mês. Isto quer dizer não só que os portugueses parecem estar menos “presos” a qualquer canal, mas que procuram aquilo que de melhor cada generalista tem para oferecer. Quanto a mim, esta competitividade só vem tornar estas análises mais interessantes.

Resta saber se esta instabilidade se vai manter. Será que a TVI vai conseguir com A Tua Cara não Me É Estranha arrebatar por completo as audiências? E a SIC, tem alguma aposta para contrapor? Vamos ver isto e muito mais no Audiências à Lupa de fevereiro. Leia-o já esta 5ª feira, aqui, na su’A Televisão.

Até lá!

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close