Audiências à Lupa Rubricas

Audiências à Lupa: fevereiro 2013

audiencias_lupa2012

audiencias_lupa2012

Depois do primeiro mês do ano, regressamos para olhar as Audiências à Lupa de fevereiro. As tendências face a janeiro mantêm-se, de certa forma, com a predominância de A Tua Cara Não Me É Estranha na TVI e Dancin’ Days na SIC. Mas vejamos como se comportaram as generalistas e o Cabo nesta luta renhida (às vezes nem tanto) das audiências.

fevereiro 1

Pelo gráfico das audiências de fevereiro vemos que a luta se mantém renhida, particularmente na primeira metade do mês entre a SIC e TVI, mas o fosso alarga-se um pouco posteriormente. Realmente, esta era uma tendência que já se vinha assistindo desde o ano de 2012 e agora acentuou-se, já que os produtos de ficção da SIC ganham mais peso e, sem concorrência à altura durante este mês, a verdade é que Carnaxide foi líder no horário nobre e com pouca concorrência. Quanto à TVI, naturalmente e também como já vem sendo hábito, tem especial preponderância nos fins de semana.

A RTP1 continua a sua queda brusca, registando apenas uma vez um valor superior aos 15% de share. Eu diria que é realmente esta a situação mais dramática e, provavelmente, mais injusta desta nova forma de medição de audiências, pois a verdade é que a TVI e SIC mantêm valores dentro daqueles que lhes são normais, mas a estação pública teve uma descida abrupta, com o Cabo a valorizar-se cada vez mais. De facto, atualmente, ao contrário do que acontecia há uns meses, o Cabo raramente é ultrapassado, o que demonstra, lá está, uma tendência de diversidade que continua a ser valorizada pelos portugueses.

Mas vejamos como se comportam os concorrentes aos fins de semana.

fevereiro 2

É curioso verificar que a TVI e SIC registam tendências proporcionais, enquanto a RTP é o inverso. Crescimentos das duas privadas são compensadas com perdas da RTP e vice-versa. Esta é uma situação que não deixa de ser interessante reparar. Tendência semelhante se assiste em relação ao Cabo. Como seria de esperar é nos domingos que a TVI é mais forte, mas aos sábados continua a não ser ultrapassada, na mesma. A Tua Cara Não Me É Estranha a fazer das suas, como já vem também sendo hábito desde as anteriores edições, o que acaba por impulsionar os resultados do canal aos domingos.

Mas vejamos os números do mês em resumo.

fevereiro quadro

A RTP2 registou valores mais reduzidos face a meses anteriores, tendo como máximo apenas 3,8% de share. Face a janeiro, assistiu-se a um alargamento da margem da liderança da TVI, quer durante os fins de semana, quer nos dias úteis, tendo em fevereiro registado mais cerca de 3 pontos de share médio do que a sua concorrente direta – SIC. Contudo, já que realçar também a média da RTP1, que não chegou aos 12% de share, e tendo um valor mínimo deplorável. Quanto aos restantes canais, têm amplitudes de resultados alargadas.

As audiências estão ao rubro. Ora existe uma aproximação, ora existe um distanciamento. Isto é que tantas paixões e anseios cria em muitas pessoas, algumas diretamente ligadas aos canais, outras nem tanto, mas a verdade é que a televisão portuguesa há muito não gerava tanto interesse, pois com as alterações a vários níveis, os canais tentam adaptar-se e inovar (não muito, convenhamos), e é sempre curioso ver qual é a reação dos portugueses. Será que, afinal de contas, procuram assim tanto algo diferente, ou não passam de comentários da boca para fora? É isso que continuaremos a ver amanhã, com mais um Audiências à Lupa, desta feita, de março. Fique atento.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close