Audiências à Lupa

Audiências à Lupa: Especial Talent Shows

Audiências à Lupa

Terminados que estão os talent shows da SIC e TVI é tempo de fazer um balanço em termos de audiências. Vamos olhar as Audiências à Lupa!

Portugal Tem Talento teve direito a 13 exibições e estreou ainda no mês de Janeiro (dia 30), tendo atingido a sua final no dia de ontem, enquanto Uma Canção para Ti começou a ser exibido mais tarde – no dia 20 de Fevereiro – e terminou no dia 10 de Abril, com um especial na semana seguinte, somando um total de 9 programas.

Vejamos então como evoluíram as audiências de ambos.

Tendo em conta o gráfico aqui apresentado podemos verificar que Portugal Tem Talento conseguiu alcançar excelentes resultados quando não confrontado com o concorrente da TVI. Porém, houve ali um período inicial, aquando da estreia de Uma Canção para Ti e de Cristina Ferreira enquanto companheira de Manuel Luís Goucha na apresentação deste programa que parece ter suscitado alguma “desconfiança” por parte dos telespectadores, uma vez que por duas vezes ficou bastante abaixo da aposta da SIC. Não obstante esse facto, a verdade é que o programa conseguiu alcançar um domínio forte nas noites de domingo.

Outra das razões que pode estar associada ao decréscimo no desempenho do programa apresentado por Bárbara Guimarães é a transição da fase dos castings para as galas em si, que tendencialmente geram menos interesse por parte dos espectadores.

De facto, podemos observar que a estreia mais tardia e o final anterior ao de Portugal tem Talento acabou por beneficiar Uma Canção para Ti e, consequentemente os resultados da TVI aos domingos. Passemos, então, ao habitual quadro com a súmula destes valores.

A audiência média de Portugal tem Talento ficou pouco mais de dois pontos acima daquele que foi o mínimo de audiências que o seu concorrente registou (28,9), enquanto Uma Canção para Ti conseguiu alcançar valores bastante mais estáveis que lhe permitiram atingir um share médio de quase 35. De facto, isto pode também estar associado ao facto de ter estado em exibição por menos tempo, o que relacionado com aquilo que já eram as tendências dos resultados das edições anteriores deste concurso, pode explicar o seu desempenho.

A verdade é que os espectadores rapidamente se habituaram a Cristina Ferreira no lugar de Júlia Pinheiro, mas por outro lado, os talent shows da estação de Carnaxide parecem despertar mais interesse apenas nas fases de castings e depois na final, havendo uma grande quebra nos programas intermédios. Será que a SIC tem de mudar o conceito dos seus concursos de talento? Será que é só uma questão da TVI ser uma marca muito forte para os portugueses? Aguardemos por mais duelos destes, e o próximo já está marcado. Peso Pesado versus Perdidos na Tribo! Quem vencerá?

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close