A Entrevista

A Entrevista – Wanda Stuart

Wanda Stuart notícia

Wanda Stuart notícia

Wanda Stuart, cantora e atriz, nasceu em Lisboa a 6 de janeiro de 1968. Começou por cantar em bares, mas foi no musical «Maldita Cocaína» de Filipe La Féria, que ganhou maior visibilidade. No seu vasto currículo, constam: diversos espetáculos em que interpreta os mais variados temas; musicais, como «Piaf» e «Música no Coração»; participações em programas de televisão, entre muitos outros marcos importantes da sua carreira. Atualmente, faz parte do lote de concorrentes de «A Tua Cara Não Me É Estranha 3» e, em entrevista exclusiva ao A Televisão, a artista falou sobre este novo desafio na TVI, não esquecendo ainda de comentar alguns acontecimentos relevantes da sua vida profissional. Já está disponível – A Entrevista com… Wanda Stuart!

A Televisão – Como se define a Wanda: cantora ou atriz?

Wanda Stuart – Eu prefiro definir-me como artista, que engloba todas essas áreas. Comecei por cantar, mas cedo desenvolvi as minhas capacidades para dançar e representar. Não consigo eleger qual a mais fascinante para mim, todas me dão imenso prazer.

Qual o momento mais marcante que viveu em televisão?

Foram vários, todos me marcaram de alguma forma. Porém há um programa da RTP, «Música no Ar», do qual fiz parte do elenco fixo. Na altura, eu estava grávida de sete meses da minha filha, Eva, e interpretei várias personagens que simbolizaram as décadas retratadas (desde a década de 50 até à atualidade).

[pullquote_left]Prefiro definir-me como «Artista»[/pullquote_left]

Quais as suas maiores referências a nível musical?

Tenho imensas referências, desde o Musical (Liza Minelli, Barbra Streisand, Carmen Miranda, Ella Fitzgerald, Sarah Vaughan), passando pelo Rock (Freddy Mercury, Pat Benatar, The Beatles, Kate Bush, Rolling Stones), Pop (Madonna, Michael Jackson, Grace Jones), pela Música Brasileira (Caetano Veloso, Chico Buarque, Maria Bethânia, Ana Carolina, Marisa Monte), Música Francesa (Edith Piaf, Jacques Brel, Patricia Kaas) e, na Música Portuguesa (Simone de Oliveira, a minha grande referência nacional, bem como alguns grupos de Rock Português, como os Xutos e Pontapés, Jáfumega, entre outros).

Em 2003, participou no programa da TVI – «Academia de Famosos» e conquistou o quarto lugar. Como avalia esta experiência?

Tem graça, pois na altura desafiei o público português a conhecer e poder gostar do que eu fazia mais no teatro, que era o teatro musical. Acho que as pessoas gostaram muito do que apresentei semanalmente e acredito que foi a partir daí que os portugueses conheceram a verdadeira Wanda Stuart Artista.

Já em 2011, também voltou a alcançar o quarto lugar no «Festival da Canção» na RTP. O que faltou para se consagrar vencedora?

O que faltou foi eu fazer parte dos Homens da Luta. Teria ganho…

Até à data, que balanço faz da sua prestação em «A Tua Cara Não Me É Estranha 3»?

Bastante positivo, não só porque estou a fazer televisão como gosto, como também porque a equipa é fantástica. Estou a trabalhar com pessoas talentosas e que caminham para um objetivo comum: entreter o público que nos assiste.

Imitou um homem (Ney Matogrosso) logo na primeira gala. Foi um «choque»?

Alguma vez teria de ser e, por sorte, calhou-me um homem que eu muito admiro (aliás, é uma das minhas referências que esqueci de mencionar atrás). Se pudesse escolher, teria escolhido outro tema, mas compreendo que a produção tenha escolhido um tema mais alegre e conhecido.

Como é que está a ser recebida pelo público?

O público sempre me recebeu e tratou muito bem, todos os dias recebo manifestações de carinho por parte do público, graças a Deus.

[pullquote_right]Pedi à produção para não me darem algumas imitações[/pullquote_right]

Que cantor/banda não pretende mesmo nada que lhe calhe na roleta? E que artista considera que daria uma boa imitação?

Acho que qualquer cantor ou banda que não tenha nada a ver comigo será sempre um desafio aliciante, eu gosto de desafios. Liza Minelli, Carmen Miranda, Edith Piaf são artistas que eu faria melhor, por isso pedi à produção para não me darem essas imitações. Como referi anteriormente, gosto de desafios e este programa vive muito disso, de nos caracterizarem e transformarem noutras caras…

Sente-se preparada para vencer esta terceira edição? Acredita na vitória?

Eu estou sempre preparada para tudo e acredito que tudo é possível (ganhar e não ganhar).

Tem recebido propostas para a televisão?

Eu sempre fui esporadicamente à televisão, seja para cantar ou como convidada para comentar algum assunto mais ou menos pertinente. Sempre mantive uma relação ótima com todos os canais televisivos e, pelos vistos, de vez em quando eles gostam de me convidar. Agora, não nego que gostaria de apresentar um programa ou fazer parte do elenco de alguma produção nacional.

Que projetos/sonhos estão por concretizar?

Muitos, graças a Deus, senão sentir-me-ia inútil. Adorava ter um teatro, por exemplo, para poder apresentar os meus espetáculos. Adorava fazer cinema, adorava cantar com muitos dos meus ídolos, sei lá, muita coisa…

Na imprensa, têm sido divulgadas notícias de que a crise também passa pela Wanda Stuart. De que forma é afectada por esta situação?

Da mesma forma que quase todos os portugueses…

Além do formato de imitações da TVI, em que projetos está envolvida atualmente?

Aprendi a não falar antes de fazer. Brevemente terei novidades.

[divider]

Wanda Stuart em Poucas Palavras…

E a «Chegar à Tua Voz» em 2011…

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=M02fIyXar7o]
  • maria maxadao

    coitada!!!!

  • maria maxadao

    essa mulher e uma triste!!!

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close