A Entrevista

A Entrevista – Sara Silva

Sara Silva Noticia

Chama-se Sara Silva e vem de Valongo. Tem dezasseis anos e canta desde os três. Vê na fé que tem em Deus uma grande ajuda para tudo o que faz e decidiu tentar a sua sorte na edição deste ano do Ídolos. Recebeu três “sim” e uma resposta negativa de Manuel Moura dos Santos, mas Pedro Abrunhosa afirmou, quando saiu da sala de casting, que confiava no seu talento. A Televisão esteve à conversa, em exclusivo, com Sara Silva, a concorrente que “canta bem, mas escolheu mal o seu reportório”.

Conheça-a, na primeira pessoa.

 [pullquote_right]a opinião do Manuel Moura dos Santos tem muito peso pelo facto de ser presidente do júri.[/pullquote_right]

Porque é que concorreste ao Ídolos?

Concorrei porque foi algo que sempre quis experimentar. Decidi tentar a minha sorte. (sorri)

Qual a tua opinião sobre este tipo de talent-shows? Não tens receio da efemeridade da fama que eventualmente possas ter?

Gosto muito desde tipo de programas. E adorei conhecer o que está por detrás das câmaras. Não tenho qualquer receio do que a fama poderá trazer.

 

A fé que tens em Deus existe por que motivo?

Já acredito em Deus desde criança. Como diz na Bíblia “Tudo posso naquele que me fortalece”, ou seja, acredito naquele que me ajuda diariamente.

 

Porque nunca tiveste aulas de canto? Nunca tiveste vontade de procurar formação?

Nunca tive aulas porque penso que a minha voz não terá muito para desenvolver.

Receavas o Manuel antes de entrares na sala de casting. Como te sentiste quando ele te disse não?

Quando recebi o não receei que não passasse, pois a opinião do Manuel Moura dos Santos tem muito peso pelo facto de ser presidente do júri.

 

Como foi para ti receber um sim do Pedro Abrunhosa depois das críticas que ele te fez?

Gostei muito quando ele disse que tinha uma grande voz! Ele disse coisas boas e menos boas. Mas foi muito bom ouvir um SIM de um grande músico.

 [pullquote_right]Não tenho qualquer receio do que a fama poderá trazer.[/pullquote_right]

Quando saíste da sala o Pedro disse que achava que ias ser uma surpresa. Achas que vais conseguir sê-lo?

Vou dar o meu melhor na próxima fase. Vou dar tudo por tudo.

 

Qual o comentário que recebeste na sala de audições e que mais te marcou?

Gostei de todos! Todos eles foram construtivos. Mas realço quando a Bárbara Guimarães disse que tinha um grande poder de comunicação.

 

O que podes prometer aos teus fãs daqui para a frente?

Prometo continuar a ser simpática e vou dar o meu melhor.

 

O que achas que tens de diferente de outros jovens talentos para poderes ser o próximo Ídolo de Portugal?

Tenho simpatia, voz e identidade.

O que é para ti um Ídolo?

Para mim um Ídolo é uma pessoa que tem talento, boa voz e é bom intérprete.

 

 

Quais as tuas influências musicais?

As minhas influências são Beyoncé e Riahnna.

Como foi sair à rua no dia a seguir à emissão do programa?

Foi engraçado porque as pessoas olhavam e comentavam. Foi uma experiência engraçada.

Que mensagem podes deixar às pessoas que gostaram da tua prestação e que ficaram teus fãs?

Vou dar o meu melhor e espero que gostem (sorri).

[youtube www.youtube.com/watch?v=o7gIDRqnypM&feature=related]

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close