A Entrevista

A Entrevista – Paulo Marques

Foi talvez dos candidatos que passaram pelo Ídolos com maior à vontade e que mais rapidamente cativou os jurados com a sua boa disposição. Este jovem estudante do 11º ano vem de Loures e costuma cantar na igreja. O seu sonho é viver nos Estados Unidos da América e construir uma carreira musical.

Recebeu um não de Pedro Abrunhosa na primeira fase de casting, mas já está na segunda do teatro. A Televisão esteve à conversa com Paulo Marques sobre esta experiência e, entre muitos assuntos, o jovem talento admite que sonha com uma carreira no mundo do espectáculo.

Conheça-o melhor.

[pullquote_right]Sei de onde vim, quem sou. O (meu) segredo é ser humilde e ser igual a mim próprio.[/pullquote_right]

Porque concorreste ao Ídolos?

Concorri ao Ídolos porque gosto do programa e porque o meu primo me convidou para o acompanhar na audição.

Alguma vez tinhas concorrido a outro programa como este?

Não. É a minha primeira vez.

Qual a tua opinião sobre programas deste género?

É bom para podermos mostrar o talento que temos e a possibilidade de se abrirem novas portas no mundo da música.

 

Não tens receio da efemeridade da fama que eventualmente possas conquistar?

Não! Sei de onde vim, quem sou. O segredo é ser humilde e ser igual a mim próprio.

Quais as tuas influências musicais?

As minhas influências são HMB, R-Kelly, Bob Marley, Chris Brown.

O teu à-vontade e simpatia foram notórios. Achas que te ajudaram a conquistar o “sim”?

Sim, sem dúvida. Um Ídolo engloba muito mais do que ter boa voz. O carisma também é muito importante.

Recebeste três sim e um não do Pedro Abrunhosa. Como te sentiste?

O que o Pedro Abrunhosa disse é verdade, e é um ponto que tenho que trabalhar.

Qual o comentário que mais te marcou durante o casting?

Gostei de todos os comentários. Foram todos muito simpáticos comigo (sorri)

O que achas que tens de diferente de outros concorrentes para seres os próximo Ídolo de Portugal?

O não ter medo de enfrentar as coisas, lidar bem com a pressão e ser muito versátil e original.

O que significou para ti passares à fase do teatro?

Não estava à espera. Fez com que acreditasse mais em mim.

O que podes prometer agora na próxima fase?

Prometo muita diversão, animação e originalidade.

Mesmo que não consigas vingar no mundo da música e perante o teu à-vontade, impõe-se a questão. Gostavas de ter uma carreira em alguma área do mundo do espectáculo?

Sim, para além de cantar, gostava muito de representar. O mundo da televisão cativa-me muito.

Como foi saíres à rua no dia a seguir ao casting?

Foi normal. Não fui muito abordado. Reparo que as crianças são as que reparam mais em mim (sorri)

Que mensagem podes deixar aos teus fãs?

Vou continuar a ser igual a mim próprio e nunca irei mudar.

  • Andreia grave

    genuino!:)

  • Dadaferrinho

    a mãe ama-te e tu és o meu idolo

  • Zaza The Pi

    Sim Senhora, Gostei 😉 Phat Props 

    Tás Lá !!! 

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close