RTP

RTP não sai do fundo da tabela das audiências

RTP_3DEntre um processo de reestruturação e os cortes da estação pública, a RTP ainda tem outro problema a pairar sobre si: as audiências. A nova grelha, em marcha desde o início do ano na RTP1, não tem surtido os seus efeitos e a estação caiu em média 3% desde o seu lançamento.

Os números da RTP são os mais baixos de sempre. Se na RTP1 as audiências caíram mesmo depois de todas as mudanças e estreias de novos formatos, no segundo canal as coisas também não são melhores. Já houve dias, inclusive, que as duas estações juntas não chegaram aos 10% de share no total diário. Segundo avança a TV 7 Dias, Alberto da Ponte quer respostas de Luís Marinho e de Hugo Andrade para os atuais resultados. O diretor-geral de Conteúdos acompanhou todos os programas e tomou as decisões mais importantes, enquanto o diretor de Programas tem dado a cara pelas escolhas, reforçando que é preciso tempo e que os cortes não ajudam o seu trabalho.

A RTP1 manteve, com a nova grelha, programas como o Praça da Alegria, o Portugal no Coração ou O Preço Certo, mas todos eles viram descer os seus resultados. Depois do Telejornal, em pleno horário nobre, a estação pública não chega aos 10% e as receitas publicitárias estão a cair a pique. Por exemplo, o programa de Catarina Furtado, Feitos ao Bife, atingiu no sábado passado o resultado mais baixo desde a estreia: pouco mais de 200 mil telespectadores. Até mesmo a Informação, onde a RTP tem «força», os números também não são elevados e a RTP Informação acabou por ser ultrapassada pela TVI24. Valores que não ajudam a concretizar o desejo de Alberto da Ponte que quer, em 2014, um total de 22% de share para a estação pública.

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close