RTP

RTP e a adopção do novo acordo ortográfico

No dia 1 de Janeiro deste ano a estação pública decidiu adoptar o novo acordo ortográfico, que a muitos portugueses faz confusão. Para José Alberto Carvalho, director de informação do primeiro canal, esta mudança foi importante para fidelizar os telespectadores com algo que no futuro será inevitável: “Não tenho a mínima dúvida de que isto também é serviço público. Ao antecipar-se, a RTP demonstra só que é ousada e que não tem medo de mudar”.

Para todos os jornalistas da estação pública se familiarizarem com este novo acordo ortográfico, foi realizada uma formação aos mesmos, e disponibilizada uma ferramenta na Internet. “Não tinha um carácter obrigatório, mas julgo que passaram por lá cerca de 80% a 90% da totalidade dos jornalistas da empresa. Além disso, disponibilizámos um conjunto de ferramentas na Intranet da empresa”, explicou José Alberto Carvalho.

A próxima fase desta mudança passa pelo desenvolvimento de correctores ortográficos na redacção. Só desta forma se conseguirá promover uma maior eficácia não só junto dos profissionais da estação pública, como também dos telespectadores. Afinal, para o marido de Marta Atalaya “daqui a dez anos será tão estranho falar do antigo acordo como do escudo”.

Tags

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close