RTP SIC TVI

Regressar ao ecrã em 2012 é “pouco provável”, dizem os Gato Fedorento

GATO

Longe dos ecrãs desde 2009, com o enorme sucesso de Esmiúça os Sufrágios na SIC, o quarteto afirma não pensar num regresso tão breve à televisão. Apesar dos convites sucessivos por parte de todas as televisões generalistas, Ricardo Araújo Pereira revela à Notícias TV desta semana que não há, para já, conhecimento do que vir a seguir para os Gato Fedorento.

“Voltar em 2012 não é um cenário provável. (…) estamos a pensar no que havemos de fazer. Estamos numa fase em que não sabemos o que se pode seguir para nós, enquanto Gato Fedorento.”, contou o humorista que diz sentir a vontade do público em vê-los de novo na televisão.

Ricardo Araújo Pereira vai mais longe e revela que “houve a hipótese de repetirmos o Esmiúça os Sufrágios na SIC, nas últimas eleições, mas achámos que não o devíamos fazer para não sermos repetitivos”. Entretanto, os “Gato” vão se entretendo com as campanhas publicitárias da PT e da MEO que terão dado aos quatro humoristas não menos do que 2,24 milhões de euros.

Mas não só o público sente falta dos Gato Fedorento. “Gente com aquele talento e frescura faz sempre falta. O nosso universo de criadores é pequeno de mais para não se ressentir com a sua ausência.” explica Herman José , acrescentando que o êxito dos quarteto “não se explica, acontece quando capacidade de trabalho, talento e sorte se juntam.

  • Jojo

    Que saudades deste quarteto realmente fantástico!!!

  • Anónimo

    É porque não precisam de ordenado! Uns querem tanto trabalhar e outros até dispensam! Que coisa! Este quarteto é realmente bom, não percebo porque é que não querem trabalhar.  

  • Jacksonmarques

    Eu gosto muito e já até acho uma falta de respeito porquem tantas vezes os acompanhou… os telespectadores os querem de volta não nos façam de trouxa

  • JP24CM

    quarteto?!?! onde anda o miguel gois que desapareceu dos anuncios da MEO?

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close