RTP

PS indignado com data de entrevista a Pedro Passos Coelho

António José Seguro

António José Seguro

A estação pública prepara-se para estrear já na próxima semana, dia dez de setembro, terça-feira, um novo programa que promete pôr frente a frente o público português e os políticos que os governam. No formato as  questões são colocadas ao entrevistado por 20 portugueses selecionados por empresas de estudos de mercado. No entanto, o Partido Socialista (PS) não aceita a decisão da RTP que prepara uma entrevista com Pedro Passos Coelho antes das eleições autárquicas que se realizam ainda este mês.

«Exigimos tratamento igual ao do primeiro-ministro, para o secretário-geral do PS como para os restantes líderes dos partidos com assento parlamentar. Entendemos que todos devem ser entrevistados antes das eleições», contou à edição online do semanário Expresso João Ribeiro.

A RTP informou prontamente a intenção de também entrevistar António José Seguro sem no entanto especificar uma data, tendo apenas dado a entender que seria «mais perto do Orçamento do Estado», logo, depois das autárquicas agendadas para 29 de setembro, adianto o porta-voz do PS. Para os socialistas, que lideram a oposição, este calendário editorial da estação estatal esta «a dar má machadada no dever de isenção de uma estação pública em tempo eleitoral», afiança a mesma fonte e, acrescenta: «o PS aguarda esclarecimentos por parte da RTP».

Ao Expresso o diretor de informação da RTP, Paulo Ferreira, explicou que a entrevista ao primeiro-ministro «não tem que ver com autárquicas mas, obviamente, com a governação do país», e lembra que foi feito um convite ao líder do PS, e este «aceitará ou não, e só depois se marcará a data, como acontece com qualquer entrevista». «Não são as lideranças partidárias que decidem o calendário das entrevistas da RTP», e acrescenta: «Estamos a utilizar a mesma liberdade editorial de quando convidámos José Sócrates para comentar», concluiu em declarações ao jornal do grupo Impresa.

O País Pergunta baseado no original Town Hall Meeting terá condução do jornalista Carlos Daniel na RTP1 e será emitido duas ou três vezes por ano sem uma periodicidade certa.

  • Esta iniciativa da RTP1 é de salutar e espero que estas pessoas anónimas não tenham sido selecionadas por serem politicamente corretas. Quero ver anónimos com coragem de perguntar ao PM aquilo que perguntam e criticam nos cafés e quero muito ver como Passos Coelho lhes responderá. Espero que o Carlos Daniel, como bom jornalista que é, não o deixe fugir às questões.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close