RTP

Presidente da RTP admite decisão para dia 10 de janeiro

RTP1

RTP1

Alberto da Ponte,  presidente do Conselho de Administração da  RTP confirmou que o processo de privatização ou concessão  da televisão e rádio públicas  deverá ir a Conselho de Ministros na próxima semana, confirmando assim todas as previsões.

O anúncio foi efetuado pelo próprio, que se fez acompanhar pelo director-geral de conteúdos, Luís Marinho, e pelo novo director de Informação, Paulo Ferreira, numa conversa com os jornalistas ao início da tarde, na redação da estação onde deixou um discurso animador e partilhou algumas novidades, avança o jornal PÚBLICO.

Aos jornalistas o presidente reiterou ainda o papel fundamental da  Informação da RTP, mas fez questão de sublinhar a fronteira entre a gestão editorial e a gestão da empresa. Terá mesmo mostrado desconhecer que a direcção de Informação decidira acabar com o noticiário Hoje, da RTP2. Em plena redação o presidente foi questionado pelos jornalistas, quanto às audiências mas para o presidente a RTP só esperará mais dois meses por um novo painel de medição de audiências.

Alberto da Ponte assumiu a atual divida da RTP que se situa nos 120 milhões de euros, que garantem não colocar constrangimentos para a gestão quotidiana e assumiu ainda que gostava de ver o futebol regressar à antena da RTP, mas a estação admite não ter verbas para o fazer.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close