RTP

‹‹Portugueses pelo Mundo›› em Nova Orleães, hoje, na RTP1

Portugueses pelo Mundo

 

A equipa de ‹‹Portugueses pelo Mundo›› viajou até Nova Orleães, maior cidade do Estado da Louisiana, nos Estados Unidos da América. Uma cidade que, apesar de devastada pelo Katrina em 2005, soube renascer. Uma cidade de uma total multiculturalidade, onde a música e a gastronomia são as bases essenciais à felicidade de quem lá vive e de quem a visita.

José Fernandes, 52 anos, Fotógrafo, natural do Estoril. 
Enquanto passeia na ruas do French Quarter, José apresenta-se e conta como chegou a Nova Orleães. Como muita gente, deixou a cidade após o Katrina em 2005, mas acabou por voltar. Seguimos então para uma das zonas mais afetadas pelo furacão, onde ainda há muitas recordações difíceis mas onde também já é possível ver os sinais da mudança. Na despedida, José faz questão de servir de guia durante a sua parada preferida do Mardi Gras onde somos rodeados de animação e loucura.

Isabel Lima, 46 anos, Cientista, natural de Coimbra. 
As plantações de cana-de-açúcar são um dos símbolos da região e é numa delas que conhecemos a Isabel. O local escolhido para se apresentar está intimamente relacionado com a sua atividade profissional, já que a sua área de estudo no Departamento de Agricultura está relacionada com a transformação dos resíduos da cana em carvão ativado. Reencontramos a Isabel em casa com os filhos e seguimos com eles até Jackson Square onde usufruímos da animação de rua. As despedidas são feitas num jantar entre amigas num restaurante de comida típica de Nova Orleães.

Luís Macara Lopes, 54 anos, Empresário, natural de Lisboa. 
Interrompemos a aula de ténis do Luís. Depois de nos contar um pouco do seu percurso, vamos com ele até ao local da sua outra atividade: uma bomba de gasolina. Reencontramos o Luís na sua casa que é agora mais isolada devido à crise do mercado imobiliário ter levado algumas pessoas a deixar as suas habitações. Seguimos de carro até Fairgrounds, onde se pratica um dos desportos favoritos dos habitantes: as corridas de cavalos. A despedida do Luís é feita ao fim da tarde no passeio de barco pelos pântanos.

Ana Margarida Esteves, 36 anos, Socióloga, natural de Torres Vedras. 
É no campus da Universidade de Tulane que conhecemos a Margarida, que aproveita também para falar um pouco sobre a rede de transportes da cidade. Acompanhamos a Margarida até uma das associações latinas da cidade e ficamos a saber um pouco mais sobre esta comunidade que tem grande expressão na região. Uma das culturas que caracteriza Nova Orleães é a do vudu e  Margarida leva-nos a conhecer um verdadeiro templo e uma sacerdotisa. A noite acaba numa rua onde se concentram os bares de jazz.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close