RTP

Portugal falha final do «Festival Eurovisão»

Filipa Sousa Ensaio Geral Eurovisão

Terminou há instantes a segunda semi-final do Festival Eurovisão da Canção 2012. No momento de todas as decisões, Filipa Sousa arrasou e mostrou toda a força da sua Vida Minha.

Das dezoito canções em competição, apenas dez passaram à fase final. Foram elas: Lituânia, Bósnia e Herzegovina, Sérvia, Ucrânia, Suécia, Macedónia, Noruega, Estónia, Malta e Turquia.

Filipa Sousa e Portugal não conseguiram, portanto, a passagem à grande final, à semelhança do que aconteceu no ano passado com os Homens da Luta.

Reveja a atuação da noite:

[youtube www.youtube.com/watch?v=zJj32COLejo]
  • WhiteAngel

    INJUSTIÇA!!!!!!! Tanta porcaria que passou tudo por causa dos de Leste! -.-

  • m

    gostei da prestação dela ( e nem se pode comparar á do ano passado, q nem sei porque carga de água essa musica foi escolhida para ir!) e claro, queria q portugal passasse… mas enquanto continuarmos a levar músicas deste género não passamos da cepa torta! a letra pode ser bonita, mas o q isso adianta se os outros não percebem nada?! enfim…

    • m

      mas mesmo assim, parabéns áqueles que representaram portugal!

  • Anonimo

    Portugal tem cantar as suas cantigas na Eurovisão em Inglês. Todos os países estão já a fazer isso, até mesmo a França e a Itália já estão a cantar em Inglês.

  • Anonimo

    Se Portugal, os compositores, cantores e a televisão fossem espertos, já teriam percebido que para se levar uma boa canção à Eurovisão tem de se ter uma boa fórmula. A Fórmula das cantigas do Eurofestival até nem é difícil! Aprendam! Portugal está muito atrasado em relação às cantigas da Eurovisão! Assim? Nunca mais saem da CEPA TORTA! BEM FEITO!

    • Paulo – tuga

      Se não os podemos vencer juntamo-nos a eles, vejam a Alemanha a cantar em inglês e a ganhar em 2010. Apesar de muitas das nossas canções representantes serem muito boas, não são entendidas pela Europa. Desta forma nunca iremos vencer o concurso. Mas apesar de termos ficado pela Semi a Filipa e a sua equipa estão de parabéns estiveram fabulosos.

  • pedro

    esta votação é mais uma vez uma vergonha , além de portugal estar num grupo onde a maioria dos paises são oriundos do leste europeu também a própria votação em si é feita não pela qualidade vocal e musical da própria canção mas sim pela amizade, ligação cultural e geográfica desses paises.

  • N

    Ainda não aprenderam não é? Novamente insistiram na fórmula baladinha em português e com coreografia/apresentação clássica e enfadonha. Serve para consumo interno e para agradar a emigrantes nada mais. Pode até ser cantada com boa voz mas de nada serve para combater o “sistema” ou fazer que alguém se interesse e vote nela lá fora. Continuem assim pois parece que gostam de ir ao euro só para gasterem uns trocos a mandar delegações a ir fazer turismo algures.

  • nafp

    É triste que mais uma vez Portugal não passou por erro nosso. A música não é só ter boa voz… É também levar instrumentos para o palco como o fez Lúcia Moniz e muitos outros que foram ao Festival há anos e tiveram excelentes classificações. E não, nunca devemos pôr a nossa língua de parte para cantar na língua de outros! Cada país deve ir à eurovisão representar a sua cultura da qual também faz parte a língua! A selecção nacional pode e deve voltar ao modelo antigo, às fases de selecção que percorriam o país

  • Carlos Ferreira

    – SEM SURPRESAS… Infelizmente!
    Uma boa interpretação, não chega para um Eurofestival. Falta a Música e o Espectáculo!
    QUANDO É QUE APRENDEM?

  • Eu só digo uma coisa: José Poaires, RUA!

    • Eduardo

      concordo completamente. eu so espero que com a privatização da RTP, o Comité da Eurovisão, leve uma grande renovaçao, e que metam lá alguem mais jovem.

  • Convido a todos aqueles que estão fartos da “liderança” de José Poiares e das suas acções que levaram ao denegrimento da imagem de Portugal nos últimos 6 anos, a aderira esta página: https://www.facebook.com/JosePoiaresRua

  • Brunur

    Uma lamentação só… as cantoras Sueca e Ucraniana mal cantaram… repetiram sempre a mesma treta e passaram… achei terrível! Quanto ao cantar na nossa língua… outros países fizeram-no e passaram tb, no entanto sendo todos de leste… os vizinhos enteendem-nos… «we’ve goto to change»!

  • Carla Madeira

    Discordo com todos… Cantar em português é preservar a nossa cultura, a nossa língua.. Se bem se lembram, este ano quiseram fazer uma “ponte” entre o Eurofestival(participação portuguesa) e o Fado como património imaterial da humanidade.. Por isso, expliquem-me como seria cantar o Fado em Inglês??? Eu sei como seria…. DESASTRE e “inatural”… Parabéns PORTUGAL…. Valeu o esforço e a participação….

    • m

      o fado não se canta em inglês! e este não é um concurso para mostrar as músicas características de cada país!

  • Edu

    o que portugal precisa é que a RTP meta na cabeça que a Eurovisão nao é mais o concurso dos anos 80/90. Opah parece que fomos o unico país que nao conseguiu acompanhar a mudança da eurovisao. Eu falo por mim, tenho 18 anos e a maior parte dos meus amigos gostam de ver a eurovisao, mas as nossas cançoes nao se adequam ao que a eurovisao agora é. Nos precisamos de musicas como as da Grécia (que sao sempre actuais, e têm sempre uma parte feita com um instrumento do país).
    Alguém que meta na Equipa da Eurovisao uma pessoa mais jovem e que perceba o que é a eurovisão é agora, e tirem de lá o Jose Poaires.
    Quanto ao Ingles, sinceramente nao me importo, tal como muito dos jovens que agora acompanham a eurovisao em portugal… Opah precisamos de musicas ou melhores ou parecidas com a da Catarina Pereira de 2010, mas sobretudo de uma grande Modernização musical.
    E tenho a certeza que se este concurso e a nossa participação estivessem a cargo da TVI já há muito que tínhamos ganho. Mas esperemos que com a privatização da RTP algo mude.
    Quanto à Filipa, defendeu muito bem o nosso país, parabéns (:

  • adpardal

    Eu acho que um dueti o entre a Luciana Abreu e o FF estav muito bem para nos representar lá fora, ambos teem boa voz e com uma musica bem mexida bem coreografada e cantada em ingles acreditem que venceriamos, temos tao bons cantores cá dentro, até mesmo a Aurea arrasaria no Eurofestival, basta querermos, deixar de parte a balada com o coro a acompahar, já não é o tempo da Simone de Oliveira em que iam a concurso meia duzia de paises, hoje em dia a concorrência é muit forte, temos medo de apostar em algo “extravagente” mas é essa extravagancia que nos faria arrasar.
    Vamos fazer uma petição e mandar a Lucy e o FF, acreditem que teremos um ESC 2014.

  • António Arcos

    Uma regra básica da Eurovisão: A cantora tem de olhar para a câmara para criar uma ligação com o espectador e tentar convencê-lo que a sua canção é a melhor. Acho que não é preciso tirar nenhum curso na Suíça para se perceber isto!!! A Filipa passou boa parte do tempo de olhos fechados ou a evitar a câmara…

  • António Arcos

    O chefe da delegação portuguesa devia ser corrido a pontapé, porque não fez o trabalho que lhe competia. A iluminação está demasiado escura! Neste vídeo não se nota tanto, mas a imagem que tivemos na televisão trucidou por completo quaisquer hipóteses que a canção tivesse de se apurar.

    Ter uma imagem de Lisboa à noite no background era muito boa ideia. Só que era preciso que a câmara estivesse mais perto e mostrasse essa imagem.

    Por isso, RUA com o chefe da delegação portuguesa! Se não é para corrigir estas coisas, o que foi ele fazer ao Azerbaijão???

    O vestido dourado da moça é muito bonito. Mas depois o coro vestido de preto NÃO COMBINA!!!! Parece um velório!

  • António Arcos

    Não sei como é que ainda há quem defenda que na Eurovisão se tem de cantar em português para (ESPANTO DOS ESPANTOS) defender a língua e a cultura portuguesas!!!!

    Estou mesmo a ver nos confins da Bielorrússia ou do Azerbaijão as tias lá do sítio a dizerem: ai, deixem-me cá parar com a costura e escutar esta cantiga com mais atenção que são 3 minutos de CULTURA PORTUGUESA. De certeza que nos confins do Azerbaijão não se pede outra coisa que não seja CULTURA PORTUGUESA!!! Sim sim!!!

    Por outro lado, a festa de Natal ou de fim de ano, já nem me lembro bem, na RTP não teve outra coisa que não fosse cantigas em inglês. Pelo Natal já não interessa defender a cultura e a língua portuguesas, é? Alguém me explica qual é a lógica de cantar em inglês para uma audiência nacional e cantar em português para uma audiência internacional? Não seria melhor fazerem versões portuguesas de Let it snow e de Jingle bells pelo Natal e cantar em inglês na Eurovisão?

  • António Arcos

    As letras do Carlos Coelho são poesia de vão de escada! Não é Ary dos Santos ou Carlos Paião quem quer… É assim que se homenageia o fado, é? A Amália deve estar às voltas no túmulo… E aliás, nem Vida Minha nem Senhora do Mar são fados, mas prontoS…. façamos de conta que sim.

    De que serve levar “fado” à Eurovisão? O fado interessa apenas a um sector restrito do público, o fado nunca apelará às massas.
    É para dar pérolas a porcos, é?

  • António Arcos

    Os morcegos turcos desafinaram do princípio ao fim. A Filipa cantou bem que se fartou. Mas a Eurovisão é um programa de entretenimento. Os turcos entretiveram-me, a canção da Filipa era secante. Se eu tivesse que votar numa das duas, votaria sempre nos morcegos turcos. Quando eu precisar de comprimidos para dormir, vou à farmácia, não preciso das cançonetas simplórias da RTP!

    P.S. eu sei muito bem que os turcos estavam vestidos de marinheiros, eu é que lhes chamo de morcegos, porque também não andavam longe de ser morcegos!

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close