RTP

Pedro Alves recusa convite para segunda edição de «Feitos ao Bife»

Imagem: RTP
Imagem: RTP
Imagem: RTP
Imagem: RTP

Anunciada que está a segunda temporada de Feitos ao Bife, que sofre alterações a nível de apresentação, júri e concorrentes, a RTP e a Fremantle Media ultimam os detalhes para a estreia que ocorre no próximo sábado, dia 15 de junho. À TV7 Dias, um dos participantes da primeira edição confessou ter recebido um convite da estação e da produtora para… a segunda temporada.

Com a novidade de ser transmitido em direto, Feitos ao Bife 2 marca a estreia de Vasco Palmeirim enquanto apresentador de televisão, ele que havia sido jurado da primeira temporada, ao lado de Rita Blanco e Lídia Franco, ambas afastadas nesta edição. Os três avaliaram semanalmente as prestações de improviso do ator Pedro Alves, membro da dupla Quim Roscas e Zeca Estacionâncio. Semanas depois de atuar na estação do Estado, o amigo de João Paulo Rodrigues despediu-se do formato, todavia esteve a um passo de regressar. «Com muita pena minha não pude aceitar o convite. O programa é em direto e não dava para conjugar a minha agenda com a do João Paulo», disse à edição desta semana da TV7 Dias.

A estreia de Feitos ao Bife 2 acontecerá já no próximo sábado e desvendados estão já os nomes de Pepê Rapazote, enquanto jurado, e de Helena Laureano, como concorrente. Recorde-se que recentemente, em entrevista ao A Televisão, Pedro Alves recordou com saudade a sua participação no programa que fora apresentado por Catarina Furtado: «Foi o primeiro programa de televisão que participei como concorrente e acabou por ser um enorme desafio. Fui posto à prova em áreas que eu estava completamente desconfortável, assim como tive a oportunidade de mostrar às pessoas que consigo fazer mais coisas – desde dançar, cantar, imitar…».

  • triste

    Quando é que despedem a catarina Furtado que custa 25 mil euros mẽs? Rua com a criatura. E já agora, 20 mil euros à Sónia Araújo e Jorge Gabriel ? E só fazem um programa por semana de 3 horas? Rua com esta gentalha pôdre já! E a Fátima Campos Ferreira , outra que só faz um programa por semana saca 19 mil euros mês. Acho incrível como esta senhora se queixa no rpograma da crise e de que o estado não tem dinheiro mas na continha do banco cai lá todos os mesinhos À NOSSA CUSTA OS 19 MIL EUROS. É por isto que aquilo devia ser fechado como foi na Grécia.

    • É mesmo triste, ó “triste”!

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close