RTP

O sexto episódio de «Príncipes do Nada» em fotografias

Amanhã é dia de mais uma emissão do programa apresentado por Catarina Furtado. Eis a sinopse do sexto episódio da terceira temporada de Príncipes do Nada:

A 12 de janeiro de 2010, milhares de crianças haitianas viram morrer familiares e amigos no terramoto que destruiu o Haiti. A difícil adaptação destes meninos à nova realidade é uma das prioridades da portuguesa Maria Leitão, que dirige a organização não-governamental espanhola, CESAL. O empenho de todos os que fazem parte desta ONG foi testemunhado pela Catarina Furtado e pela sua equipa, que nos mostram esta história no sétimo programa de “Príncipes do Nada”.

Ainda no mesmo programa, seguimos para Juba, capital do Sudão do Sul, para conhecer o padre português José Vieira. No dia da Independência, 09 de julho de 2011, este missionário comboniano deu voz às primeiras notícias de liberdade. Para além de padre, é jornalista e dirige a redacção central da Rede Católica de Rádios do Sudão, meio que muito contribuiu para a mobilização das pessoas para o referendo. Na atual fase de reconstrução do ainda muito jovem país, José Vieira conhece a fundo os principais obstáculos ao desenvolvimento humano dos sudaneses do sul e os números que revelam mais de metade da população a viver em situação de pobreza. Mas também acredita num futuro à altura do que o povo sonha e merece depois de 50 anos de conflitos. Seja através dos microfones da rádio ou no altar, o nosso padre Zé inspira milhares de ouvintes à mudança.

Fique com algumas fotografias: