RTP

Nuno Santos e Vítor Gonçalves ouvidos no inquérito interno

rtp

Vítor Gonçalves, diretor adjunto de informação da RTP que se demitiu na sequência da polémica da cedência de imagens da manifestação de 14 de novembro à PSP deverá ser ouvido hoje no inquérito interno aberto pela estação pública.

O demissionário diretor de informação, Nuno Santos, deverá depor por escrito.

As conclusões do inquérito deverão ser conhecidas em breve e caso o inquérito que decorre internamente não seja «esclarecedor» ou não der uma respostas «cabal» às questões dos deputados, a oposição pondera convocar Nuno Santos e o presidente da estação pública, Alberto da Ponte para uma audição no Parlamento.

O requerimento foi apresentado na passada quinta-feira, pelo Bloco de Esquerda, vai amanhã a votação, na Comissão de Ética, Cidadania e Comunicação, e deverá contar com os votos favoráveis do PS e PCP. O partidos da coligação irão aguardar a conclusão do processo para tomar uma decisão.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close