RTP

Nova administração da RTP recebe metade da anterior

RTP1

De acordo com os valores que o Correio da Manhã revelou na sua edição de ontem, a nova administração da RTP, encabeçada por Alberto da Ponte, vai auferir uma remuneração um pouco acima de metade da anterior administração da ainda estação pública de televisão.

Esta situação tem a ver com o Estatuto do Gestor Público, em que o salário mensal de um gestor público não pode ser superior ao vencimento do Primeiro Ministro. Assim, a nova administração vai ter um custo total de cerca de 18 mil euros, o que representa um decréscimo mensal de quase 16 mil euros face à anterior. Alberto da Ponte tem um vencimento de 6.850€, que já inclui despesas de representação e será responsável pelo processo de reestruturação da empresa, cuja conclusão deverá ocorrer no primeiro trimestre de 2013, altura em que será decidido o destino a dar à RTP.

Importa ainda referir que a administração cessante não terá direito a qualquer indemnização. Guilherme Costa e José Araújo e Silva apresentaram as suas demissões, pelo que não haverá lugar a indemnização por despedimento por parte da entidade patronal.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close