RTP

Miguel Relvas pronuncia-se sobre a concessão da RTP

Miguel Relvas

 

Foi na passada segunda-feira que, Miguel Relvas, Ministro dos Assuntos Parlamentares e braço direito de Pedro Passos Coelho, no Rio de Janeiro, afirmou que a concessão da RTP é um caso que está “resolvido” e que a Rádio e Televisão de Portugal até agora uma estação pública, tem agora todas as condições para resolver os seus problemas.

«O assunto da RTP está “resolvido”. A RTP tem hoje um dos melhores gestores à sua frente, tem uma excelente equipa de profissionais e vai deixar de ser notícia, porque passa a ter a partir de hoje todas as condições para resolver todos os seus problemas», confessou o ministro. Esta declaração foi proferida pelo ministro quando questionado sobre as críticas à nova administração do canal, agora liderada por Alberto da Ponte.

A polémica em redor do assunto tem-se instalado depois da anterior administração da RTP, no dia 1 de setembro, ter apresentado a demissão, antigamente chefiada por Guilherme Costa. O anúncio da demissão teve origem nas declarações de António Borges no «Jornal das 8», à TVI, anunciando a concessão da RTP 1 e o fecho da RTP2.

Alberto da Ponte também tem sido alvo de críticas devido à sua falta de experiência na área da comunicação social. O agora presidente da RTP deixou em abril o cargo de presidente de chefe da Sociedade Central de Cervejas (SCC), que exerceu durante oito anos, tendo partido para os Países Baixos para assumir funções na Heineken.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close