RTP SIC

Manuela Moura Guedes a um passo da RTP

manuela moura guedes


Anunciada no final de novembro passado como a grande contratação da SIC para 2011, a jornalista continua à espera que o canal de Carnaxide se decida sobre o seu novo programa. Mas parece que o seu regresso aos ecrãs poderá não ser na televisão de Francisco Pinto Balsemão.

Segundo a edição desta semana da TV Guia, Nuno Santos reuniu-se com Manuela Moura Guedes e sondou-a para se mudar para a RTP. Tudo aconteceu na passada semana, mais precisamente a 15 de junho, em pleno hotel Tivoli, contou uma fonte da unidade hoteleira à referida revista: “Primeiro, chegou a Manuela… Logo a seguir apareceu o Nuno”. “Cumprimentaram-se e subiram ao terraço, entretanto, para jantarem”.

Conhecedor do impasse pelo qual a jornalista passa, das ideias desta para o novo formato e de todo o processo com a SIC, o diretor de informação da RTP poderá ter-lhe acenado com um programa na televisão do estado: “Eles dão-se bem, respeitam-se… É natural que troquem ideias”, começa por dizer fonte próxima do processo, acrescentando: “Não houve um convite, apenas uma abordagem”.

Apesar de tudo, e com o impasse sobre a privatização da televisão pública, bem como a chegada do PSD ao governo, ainda não é certo que Manuela Moura Guedes aceda à abordagem de Nuno Santos e regresse ao canal onde se deu a conhecer. Até porque, de acordo com uma fonte da SIC: “O Luís Marques ainda não desistiu dela”.

A desilusão por continuar à espera do seu novo espaço em antena será, certamente determinante para Manuela Moura Guedes decidir o seu futuro.

  • Vítor Carvalho

    COMÉDIA TOTAL!

  • João Rodrigo

    Ao ponto que se chega em televisão… Foi Nuno Santos da SIC, quem fez questão de levar Manuela Moura Guedes para a SIC… Para lhe dar um programa. A mulher ainda nem se estreou em Carnaxide e agora o mesmo Nuno Santos mas da RTP quer novamente a Manuela mas para a RTP… 

    Mas isto ainda será só o inicio! Com a suposta privatização da RTP vai ser uma migração de estrelas a voar para os privados… Fazer render o peixe para talvez depois voltarem, mas “mais caros”…

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close