RTP

Luís Marinho defende “O Preço Certo” enquanto serviço público

Apesar das críticas à real prestação de serviço público pelo primeiro canal, Luís Marinho defende que muitos dos programas presentes na grelha do mesmo cumprem os requisitos mínimos. É o caso do concurso conduzido por Fernando Mendes, um dos principais alvos dos comentários dos críticos de televisão e telespetadores. «Eu sei que as críticas vão sempre numa direção. O caso do Fernando Mendes, por exemplo, vai sempre à cabeça. O Preço Certo é um programa de entretenimento popular, não é um programa agressivo ou que fira qualquer valor. É um programa que pode caber em qualquer canal de serviço público. O Fernando Mendes é um excelente ator, altamente considerado e muito popular. Há uma carga de afetos que se gera em redor daquele programa que fazem dele um bom programa de serviço público», afirma o diretor-geral da RTP à Notícias TV desta semana.

Mesmo assim, Luís Marinho expõe ainda a dificuldade em integrar na grelha de programas da estação pública outros tipos de conteúdos, relacionados com a literatura, produção europeia, sociedade civil, ciência. «Tem de se tentar fazer o melhor. Mas é impossível fazer tudo».

Será que com a privatização da RTP1 passará a existir espaço para uma maior diversidade na programação?

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close