RTP

Luís Marinho assume cargo de Diretor de Informação da RTP

rtp

Nuno Santos demitiu-se, na passada quarta-feira à noite, da Direção de Informação da RTP. O polémico caso das imagens da manifestação de dia 14 de novembro já está a ser alvo de inquéritos dentro e fora da estação pública. Em causa está o facto de pessoas alheias à RTP, alegadamente membros de autoridades como a PSP ou o Serviço de Informações de Segurança (SIS), terem sido autorizados por um elemento da direcção de informação a entrar nas instalações, onde tiveram acesso a quase três horas de imagens captadas pelos repórteres da estação pública. Este caso começou a ser discutido, internamente, desde quinta-feira, dia 15 do respetivo mês.

O sub-director de informação, Luís Castro, poderá ter sido um dos responsáveis a autorizar a entrada das autoridades na RTP e terá permitido que as imagens tenham sido visionadas, sem qualquer mandato judicial, avança o Diário Económico. Confrontado com estas declaração, Luís Castro afirmou que revelou que não fará comentários até que seja ouvido no inquérito que está a decorrer.

Posto isto, Luís Marinho vai assumir, para já, de forma interina a direcção de Informação da RTP. A notícia, avançada em primeira-mão pelo Diário Económico.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close