RTP

Luís Jardim defende “Festival da Canção” em Inglês

Conhecido pela sua carreira além-fronteiras, Luís Jardim já trabalhou com artistas internacionais de renome, como Tina Turner, Robbie Williams ou Paul McCartney e, defende o próprio, percebe muito de música.

Talvez por isso seja um dos jurados de A Tua Cara Não me é Estranha, depois de participações em Ídolos, Uma Canção Para Ti e Canta Comigo, entre outros. Com uma carreira recheada de sucessos, qual será a opinião do produtor musical sobre o Festival da Canção e a eterna questão de cantar em Inglês além fronteiras.

É em entrevista à TV 7 Dias desta semana que Luís Jardim falou sobre este tema e, apesar de ser defensor da língua de Camões, acha que “se não os podes vencer, junta-te a eles”, ou seja, quem quiser fazer uma carreira lá fora “tem que ter cabecinha e cantar em inglês”.

Mas o produtor musical vai mais longe e revela que não entende porque é que a vencedora da edição deste ano do certame da RTP, Vida Minha, interpretada por Filipa Sousa, não é cantada em inglês. “Lá vamos nós mais uma vez lá fora apresentar uma música que ninguém percebe!”, explicou.

E você? Acha que a candidata nacional devia ser cantada em outra língua que não a portuguesa?

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close