RTP SIC

João Adelino Faria: “O meu ADN televisivo nasceu na SIC”

Jornalista há 25 anos, João Adelino Faria fez com Ana Lourenço uma das duplas mais emblemáticas da SIC Notícias, que chegou a transitar para a SIC generalista, passou posteriormente pelo Rádio Clube Português e é, atualmente, pivô do Telejornal. Numa altura em que assumiu um novo projeto na RTP, o jornalista falou com a Notícias TV desta semana sobre a sua carreira.

“Estou continuamente insatisfeito com o que faço, a idade ajuda… depois de entrevistar estas pessoas (em Portugueses Extraordinários) percebi como somos tão pequeninos e é tudo tão efémero. Sinto-me incompleto ao pé deles e questiono-me: ‘O que é que eu fiz até agora?’ Eu próprio tenho pensado na minha vida…”, começa por dizer, falando em seguida sobre aquilo que o motiva enquanto pivô: “Todos os dias é um desafio, todos os dias são diferentes. O Telejornal é, diria, a instituição. Quando me sentei naquela cadeira, pensei: ‘Preciso de honrar esta cadeira’”.

No decorrer da entrevista, João Adelino Faria foi questionado sobre um possível regresso à SIC, estação que diz nunca ter desaparecido da sua vida: “Não sei… Nunca pensei estar na RTP a fazer o Telejornal e estou. O que sinto é que o meu ADN televisivo nasceu na SIC”, explicou.

A terminar, o jornalista falou ainda sobre as constantes mudanças que a sua carreira tem tido: “Gosto e quero. Mudar dói, mas conheço-me e se não arriscar passo o tempo a pensar: E se…? E, por isso, prefiro ir”, concluiu.