RTP

Hugo Andrade conta com João Paulo Rodrigues para a RTP

O grande sucesso que tem alcançado aos domingos à noite na televisão de Queluz de Baixo têm feito correr muita tinta na imprensa e já se escreve sobre o futuro profissional de João Paulo Rodrigues. Uma série na RTP? Ou a continuidade na TVI? Apesar de o ator garantir que tem um projecto com a televisão do estado, também já se leu que para os lados de Queluz de Baixo, José Fragoso já lhe acenou com uma série de humor.

A Televisão esteve à conversa com Hugo Andrade e quis saber se a RTP conta com o eterno “Quim Roscas” para o futuro. “Claro que conto”, é desta forma que o  diretor de programas responde à nossa questão, justificando-se em seguida: “O João Paulo e o Pedro (Alves) são humoristas e a sua vida de humoristas foi feita em palco e na televisão que eu saiba foi sempre e só na RTP e tem sido uma relação muito boa ao longo dos anos, porque a RTP foi a única televisão que lhes deu espaço para mostrar o tipo de humor que eles tinham, que não era um humor fácil e a RTP nunca se inibiu de o fazer e eles reconhecem isso, por um lado, por outro lado porque na relação qualidade/resultado também são excelentes e nós usamos muitas vezes o Pedro e o João para diretos, coisas que não têm rede nenhuma, não têm um texto, e dizemos, nós precisamos de que vocês façam agora aqui um sketch de dois minutos e vinte e sete e eles fazem um sketch de dois minutos e vinte sete completamente de improviso. Isto tem um valor inimaginável para quem faz televisão.”

E o responsável da televisão do estado confirma a notícia de que há uma série “pendente” que já foi falada: “Nós estávamos a trabalhar com eles e com uma produtora com quem eles costumam trabalhar, a pensar qual seria o projecto seguinte para eles fazerem e eles tinham ali uma ideia para fazer uma sitcom e quando surgiu a hipótese de o João Paulo ir cantar para o programa da TVI foi-me perguntado se eu tinha alguma coisa a opor e eu achei que não, achei que ele devia ir, porque eu sei que ele tem uma enorme paixão por cantar, ele gosta muito de cantar e canta muito bem e, portanto, achei que não valia a pena estar a impedi-lo de fazer uma coisa de que ele gosta muito, até porque a série não estava ainda no ponto de se começar a gravar”.

E não estará Hugo Andrade preocupado se a televisão de Queluz de Baixo tentar segurar João Paulo Rodrigues? “A TVI pode ficar com quem quiser. Isto não é o mercado da carne. Comigo funciona assim: quem quiser estar connosco, está connosco, quem quiser estar com os outros, está com os outros.”, defende o responsável, acrescentando que “Não ando a competir. Isto é válido para todos os ‘João Paulos’ que trabalham connosco e que quiserem partir, enfim, é a vida”

Ainda assim, Hugo Andrade confessa ainda que vai continuar a seguir o trabalho da dupla, estejam eles onde estiverem: “Eu aprecio muito o João Paulo e o Pedro na RTP, mas se eles estiverem na TVI não deixo de os apreciar. E, portanto é onde eles se sentirem mais e até digo mais, onde for melhor para o espetadores.”

A terminar, o diretor de programas da RTP confirmou ainda que o projeto pode arrancar em breve:  “Nós quando eles estiverem disponíveis, voltamos a trabalhar. Mas o João Paulo cantor terei todo o gosto para participar em programas de música. Mas o João Paulo ator e o Pedro ator esses, se eles quiserem continuar connosco, teremos todo o gosto. Temos uma relação muito antiga com eles”, finalizou.

  • Maria Ramalho

    olá bom dia
    João Paulo Rodrigues, é um grande profissional, faz tudo na perfeição, temos que dá valor a este e outros profssionais, assim como ao parte o Pedro
    assim sendo eu penso que fica mesmo muito bem na TVI, espero então que ele seja uma mais valia nesta estação e que nela continue a ser um grande profissional
    espero sinceramente continuiar a vê-lo por Queluz de Baixo
    a todos os profissionais portugueses eu desejo as maiores felicidades e emprego para andarem felizes e tranquilos
    será muito importante pensarem em acabar de uma vez, os vencimentos milionários para uns, enquanto outros nada têm. assim é que não pode ser
    por isso a RTP que fique quieta no seu canto, a redigir a finalização de contratos carissimos a profissionais tão mediocres, vaidosos e peneirentos
    viva a TVI e a SIC

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close