RTP

“Horário não é adequado”

Os resultados das audiências de ‘Vila Faia’ conseguiram abafar a polémica. Apesar de ser exibida ao fim-de-semana e no horário da tarde, a nova versão da primeira novela portuguesa está a conquistar o público. Ainda assim, há quem acredite que em horário nobre (das 20h00 às 23h00) os resultados seriam melhores.

‘Independentemente das audiências serem boas continuo a achar que o horário não é o mais adequado’, afirmou ao CM Virgílio Castelo, um dos protagonistas e novo responsável pela ficção da SIC. ‘Se estamos a conseguir estas audiências nas tardes de fim-de-semana em horário nobre conseguiríamos muito mais’, acrescentou o intérprete de ‘Gonçalo Marques Vila’, ressalvando que ‘o argumento de que ‘Vila Faia’ é uma novela não é o mais importante, pois antes disso é uma comemoração’.
Gonçalo Diniz, intérprete do vilão ‘Gaspar Guerreiro’, também não está satisfeito com o horário nem com os dias em que ‘Vila Faia’ vai para o ar. ‘Acho positivo que esteja entre os dez programas mais vistos do fim-de-semana, mas também era de esperar que um produto com esta qualidade, com um leque de actores muito bom e um texto de grande qualidade, ficasse entre os melhores’, salienta o actor, que admite ter uma personagem privilegiada.
No entanto, Gonçalo Diniz confessa que gostava que ‘Vila Faia’ concorresse com as novelas das outras estações. ‘Assim veríamos quem é que os telespectadores elegiam, o que seria muito interessante’. O actor acredita que a novela onde participa ‘poderia ficar mais bem posicionada nas audiências se competisse com as outras em horário nobre durante a semana’. E nota que ‘quando ‘Vila Faia’ vai para o ar não tem concorrência’.
Além disso, segundo o actor, com a aproximação da Primavera e após o Verão as audiências podem cair. E especifica: ‘Não estou a ver ninguém na praia com um televisor portátil a assistir à novela.’
RTP SATISFEITA
Contactada pelo CM, a RTP mostra-se igualmente satisfeita com as audiências. ‘Em ambas as emissões do fim-de-semana as curvas de share mostram o interesse dos espectadores, não se regista em nenhum dia quebras de competitividade e à medida que a novela se desenrola os consumidores mantêm-se presos, mantendo-se a RTP 1 em quotas de mercado que rondam os 28%. Ao fim de duas semanas de exibição a média actual da novela é de 27,1% de share e 9,4% de audiência média, ou seja, cerca de 900 mil espectadores vêem, em média, cada episódio de ‘Vila Faia”, refere a responsável pela Comunicação da estação pública.
Face aos números, a SP Televisão, produtora da novela, também é optimista. ‘Estamos muito contentes com os resultados. Isso é muito importante para nós, que temos dado tudo por este trabalho. Não há nada como saber que o nosso esforço está a ser reconhecido pelo público. Relativamente ao horário em que ‘Vila Faia’ é exibida, cabe à RTP decidir’, diz ao CM Filomena Cardinalli, directora de Comunicação da SP TV.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close