RTP

Hêrnani Carvalho critica RTP e o diretor de programas da televisão pública

Foto: SIC Online
Foto: SIC Online
Foto: SIC Online

Hernâni Carvalho alcançou o reconhecimento público pelo seu trabalho em televisão depois das passagens pela SIC, pela TVI e mais recentemente pelo regresso à SIC onde teve inclusivamente  um programa semanal ao sábado à noite. Em entrevista à Notícias TV, o comentador de assuntos polícias das manhãs da SIC recorda os tempos de trabalho na RTP e poupa críticas à estação pública.

O jornalista recorda os 21 anos que trabalhou na RTP onde começou desde logo a trabalhar na área da investigação e do crime. «Eu só queria ser jornalista mas quando somos novos fazemos aquilo que nos deixam. Tinha a vantagem de ter sido militar e voluntário na Cruz Vermelha por isso estava minimamente  dentro dos assuntos da Administração Interna. Como na altura está área não dava muito glamour e ninguém a queria fazer, lá fui eu.»

O antigo profissional da RTP, recorda a televisão pública «como a melhor escola de formação deste país». «Tem excelente profissionais, gente extremamente honesta e que está sempre pronta para vestir a camisola pela casa», elogia em declarações à publicação semanal. No entanto, para o cronista do programa Querida Júlia, «a RTP não trata bem os seus profissionais. Não é só os jornalistas mas todos os que lá trabalham. Se calhar por ter uma estrutura grande, muito apetecida do poder político, instrumentalizada aqui e ali», atira, e acrescenta: «em termos de serviço público de que tanto se fala de certeza que este não é andar a desperdiçar dinheiro à grande a imitar os canais privados.

E nem o trabalho de Hugo Andrade como diretor de programas da RTP, escapa as críticas do profissional. «O que é preciso é saber alguma coisa de programação. Não podemos passar de uma área para outra apenas porque nos convidaram, nem ter acesso ao poder apenas pelo poder», atira e adianta: «Eu vejo maus resultados. Até se pode gostar muito de um treinador, ele pode ser bom rapaz e empenhado, mas se a equipa não ganha é porque ele não serve para o lugar», remata.

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close