RTP

Francisco Areosa vê em «Sinais de Vida» o maior desafio da carreira

Francisco Areosa

Francisco Areosa

Francisco Areosa, alcançou a fama em televisão como Chico, da série da SIC baseada nos livros homónimos de Isabel Alçada e Ana Maria Magalhães, Uma Aventura. No entanto, foi na série da RTP, Sinais de Vida que o ator encontrou o mais desafio da carreira. «Foi o projeto mais desafiante que fiz. Há um ano que não fazia televisão e, de repente, deram-me uma personagem que nada tema ver comigo. Andei sempre na luta com ele», confessou à Correio TV.

«Ele é homem de uma só mulher, e eu sempre tive muitas [risos]. O primeiro feedback que tive foi de um amigo que me disse: ‘nunca pensei ver-te fazer de totó’. Porque o personagem não é fluido, e isso deu imenso trabalho, e gozo também», conta o ator que dá vida ao médico João Gouveia na trama da RTP.

No entanto, o ator explica que nem sempre a sua fisionomia lhe proporcionou as melhores oportunidades. «O facto de ter uma cara de miúdo – apesar de hoje já ter menos –, limitava os convites. Sinais de Vida deu-me a oportunidade de fazer papéis de mais velho», afirma. À mesma publicação, o ator natural de Santarém, admite que o feedback do público, com a personagem, não podia ser mais positivo: «Acho que as pessoas gostam do João e sofrem com ele.E estão um pouco incrédulas, como é que o herói, de repente, é o totó.»

«Gosto de desafios e este foi em tudo. Nunca tinham sido feitos 80 episódios em três meses. Não falhou devido à excelente equipa» elogia o ator, e acrescenta: «Para ter uma noção, a mesma produtora, SP Televisão, fez 60 episódios de Maternidade em seis meses», conclui o artista de 26 anos.

/* ]]> */