RTP

Francisco Areosa vê em «Sinais de Vida» o maior desafio da carreira

Francisco Areosa

Francisco Areosa, alcançou a fama em televisão como Chico, da série da SIC baseada nos livros homónimos de Isabel Alçada e Ana Maria Magalhães, Uma Aventura. No entanto, foi na série da RTP, Sinais de Vida que o ator encontrou o mais desafio da carreira. «Foi o projeto mais desafiante que fiz. Há um ano que não fazia televisão e, de repente, deram-me uma personagem que nada tema ver comigo. Andei sempre na luta com ele», confessou à Correio TV.

«Ele é homem de uma só mulher, e eu sempre tive muitas [risos]. O primeiro feedback que tive foi de um amigo que me disse: ‘nunca pensei ver-te fazer de totó’. Porque o personagem não é fluido, e isso deu imenso trabalho, e gozo também», conta o ator que dá vida ao médico João Gouveia na trama da RTP.

No entanto, o ator explica que nem sempre a sua fisionomia lhe proporcionou as melhores oportunidades. «O facto de ter uma cara de miúdo – apesar de hoje já ter menos –, limitava os convites. Sinais de Vida deu-me a oportunidade de fazer papéis de mais velho», afirma. À mesma publicação, o ator natural de Santarém, admite que o feedback do público, com a personagem, não podia ser mais positivo: «Acho que as pessoas gostam do João e sofrem com ele.E estão um pouco incrédulas, como é que o herói, de repente, é o totó.»

«Gosto de desafios e este foi em tudo. Nunca tinham sido feitos 80 episódios em três meses. Não falhou devido à excelente equipa» elogia o ator, e acrescenta: «Para ter uma noção, a mesma produtora, SP Televisão, fez 60 episódios de Maternidade em seis meses», conclui o artista de 26 anos.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close