RTP

Exclusivo aTV: Nelson Rosado comenta falta de música portuguesa em “A Voz de Portugal”

Desde o início do talent-show da televisão do estado que muito se tem falado, e escrito, sobre o facto de ao longo das emissões serem escolhidos poucos temas cantados em português. A Televisão quis saber a opinião de um dos mentores do concurso, logo após a semi-final do passado sábado.

Em declarações exclusivas ao A Televisão, Nelson Rosado comentou esta situação. “Vou ser muito sincero numa coisa. Houve alturas em que eu fui dos primeiros a levantar aqui a voz publicamente e em direto sobre a questão das músicas em português, pedi mais músicas em português e a produção fez-nos a vontade. Tivemos mais músicas a partir da terceira gala, tínhamos três, quatro músicas em português. Espetacular! Foi um passo à frente. Bom, isso foi muito bom.”, começa por dizer o mais velho dos Anjos, ressalvando, contudo, um ponto importantíssimo: “Mas houve concorrentes de peso que cantaram em português e foram expulsas. Recordo a última grande, estrondosa e monumental surpresa Deborah Gonçalves, que cantou em português um tema que tinha sido um sucesso e ela acabou por sair. Portanto, onde é que está o público que queria valorizar o português? Portanto, para eles, buh, zero”, critica Nelson.

O mentor de A Voz de Portugal recordou ainda os primeiros anos dos Anjos: “Em relação à final, eu e o Sérgio há muitos anos atrás, quando vencemos um concurso desta casa, de talentos, a Casa de Artistas, cantámos sempre, sempre em inglês. Foi na primeira eliminatória, foi nas semi-finais, foi na final, tudo! Cantámos sempre em inglês. Hoje, a nossa carreira é feita com temas em português. Eu, neste momento, acho que nem vou apontar para aí. Acho que já nem é por aí que o gato vai às filhoses, parafraseando a minha mãe, num velho ditado português.”

Para o pós-A Voz de Portugal e em particular para o vencedor, Nelson deixa um desejo: “que ganhe o melhor, e que faça carreira, o que não é fácil. Uma coisa é nós estarmos aqui a cantar temas que toda a gente conhece, outra coisa é criarmos, seja em português, seja em inglês, músicas que o grande público desconhece”, finalizou.

  • Daniel Silva 14

    Sempre a mesma história…N estou a dizer que não têm razao, e que n seria importante cantar em portugues, mas já cansa ouvir sempre o mesmo em todos os concursos de talentos…E agr no Idolos 5 tenho a certeza que se vai repetir a mesma historia…Penso que um dos generalistas devia pensar em criar um concursos musical com a regra de ser só cantado em Portugues, para acabar com esta tao repetida e desgastada critica…Infelizmente os portugueses sao mt assim n valorizam o que é seu..

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close