RTP

Estreia de “Santos de Portugal” no sábado, na RTP2

santos_de_portugal_frame

“Santos De Portugal” é uma série de 10 docudramas de 30 minutos que nos guia pelo mistério da fé. Integralmente filmada em HD, narra a vida de catorze santos portugueses ou que influenciaram decisivamente a História de Portugal.

A glória de Santo António, a loucura de João de Deus, a crucificação de Gonçalo Garcia, a renúncia de Beatriz da Silva ao mundo, a fé que guiou Nuno de Santa Maria à vitória e muitas outras histórias de crença, arrependimento, entrega, morte e amor. Mas a biografia destes homens e mulheres que o topo da hierarquia católica reconheceu como santos – intermediários privilegiados entre Deus e os homens – é apenas o ponto de partida para uma viagem que começa na figura histórica de Jesus Cristo e termina nos dias de hoje, nas inquietações do mundo do século XXI.

De São Manços, hipotético mártir de quem se diz ter estado ao lado de Cristo na última ceia, a São João de Brito, missionário português do século XVII martirizado na Índia, passando pelos santos bispos de Braga, São Teotónio, consciência moral de Dom Afonso Henriques, ou pela Rainha Santa Isabel, “Santos De Portugal” mergulha na História do Cristianismo e na História de Portugal.

O que é um santo? Por que é que o Cristianismo precisa de santos? Como nasceram? Que acontecimentos passados poderiam ser explicados à luz da ciência contemporânea e quais podem realmente ser chamados de milagres? Como foi que a Humanidade pensou, em cada época, a sua relação com a transcendência? De que forma é que estas figuras extraordinárias influenciaram a formação duma identidade coletiva em Portugal? Quanto pode ter havido de político na canonização de alguns santos e na recusa em reconhecer outros? Que lugar têm hoje os santos, no contexto de um mundo que parece ter deixado de acreditar?

Estas e muitas outras questões são levantadas em busca de respostas numa série de conteúdo intemporal e forma surpreendente. Recriações dos momentos-chave das vidas extraordinárias destes catorze homens e mulheres. Entrevistas a teólogos, sacerdotes, leigos, investigadores, escritores e jornalistas. Ilustrações originais, animações gráficas, imagens de arquivo e outras exclusivas, recolhidas em comunidades religiosas que vivem recolhidas do mundo exterior.

Para crentes e não crentes. A perspetiva crítica e distanciada da importância de um conjunto de homens e mulheres que acreditaram ter sido chamados por Deus e de como as suas vidas mudaram a História do Cristianismo e a História de Portugal.

No dia 6 de outubro, o programa de estreia é sobre São Nuno de Santa Maria:
A História de um país é definida pelos seus heróis e, na maioria dos casos, pelos seus feitos militares. Nuno Álvares Pereira, o Condestável do Reino, é o português que melhor se enquadra nessa definição e aquele que, em 1385, ascendeu ao estatuto de herói. A Batalha de Aljubarrota foi o coroar das ações estratégicas do braço-armado de João I, o primeiro rei da segunda dinastia, mas a sua vida e legado têm raízes mais diversas.
Naquela que foi a última canonização de um português, em 2009, coube a São Nuno de Santa Maria a entrada para o panteão celeste. O homem que abandonara tudo para se tornar monge carmelita, vivendo da generosidade dos outros na casa que outrora mandara erguer (o Convento do Carmo, em Lisboa), era agora santo.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close