RTP

Em fevereiro, às 5ª feiras, a RTP2 emite documentários nacionais às 23h30

rtp2

A RTP2 continua a oferecer os melhores documentários nacionais. Todas as 5ª feiras de fevereiro às 23h30. Quatro documentários assinados por realizadores portugueses sobre figuras maiores da cultura portuguesa é a proposta da RTP2 para este mês.

2 de fevereiro às 23h30
ORLANDO RIBEIRO

“Orlando Ribeiro, Itinerâncias de um Geógrafo” comemora o centenário do nascimento de Orlando Ribeiro (1911-1997), transportando para o século XXI a memória deste geógrafo português e a sua obra de incontornável valor universal. Em forma de viagem, o documentário aborda a genial e vasta obra de Orlando Ribeiro, construída a partir de um grande amor pela Geografia Física e Humana.
A vida e a obra de Orlando Ribeiro são narradas na primeira pessoa, usando excertos de textos do próprio autor apoiados pelo depoimento de personalidades com que se cruzou durante a vida.

Produtor: B´lizzard – Criatividade, Comunicação e Serviços, Lta e Pedro Canavilhas
Argumento e realização: Manuel Gomes e António Saraiva

9 de fevereiro às 23h30
MARIA DE LOURDES PINTASILGO

“Maria de Lourdes Pintasilgo”, de Graça Castanheira. Um documentário sobre a vida, as convicções e a carreira da primeira e única mulher que ocupou o cargo de Primeiro-Ministro de Portugal.
Maria de Lourdes Pintasilgo acreditava que “as mulheres podem constituir uma força de radical transformação da irracionalidade institucionalizada em que vivemos. A multifuncionalidade da sua existência, a diversidade dos planos em que se movem, o seu quotidiano dá-lhes uma especial capacidade para, no seio da complexidade, encontrarem um novo entendimento e uma nova eficácia para a governabilidade”. Ao contrário de muitas outras mulheres que terão a mesma convicção, Maria de Lourdes Pintasilgo converteu a sua vida em praxis da própria crença.

Produção: Pop Filmes
Argumento e realização: Graça Castanheira

16 de fevereiro às 23h30
ALVES REDOL, MEMÓRIAS E TESTEMUNHOS

Em 2011 comemorou-se o centenário do nascimento do escritor Alves Redol, nascido em Vila Franca de Xira a 29 de dezembro de 1911, um dos mais influentes nomes do Neorrealismo português.

Para além dos depoimentos de amigos, de pessoas que o conheceram, de familiares e de intelectuais seus contemporâneos, o seu filho António Redol presta um conjunto de depoimentos sobre momentos marcantes da vida do pai. Estes depoimentos revelarão ao grande público aspetos menos conhecidos (e alguns desconhecidos) só possíveis de serem contados por quem teve uma proximidade única com o escritor, contribuindo assim para a humanização da sua figura.

O Douro, a Nazaré e sobretudo a Lezíria do Tejo, este último o principal local de inspiração de Alves Redol para a criação da maior parte da sua obra literária, são os cenários onde decorreram a maior parte das filmagens, correspondendo ao sentir profundo do escritor e à diversidade da sua obra.

Produção: FRANCISCO MANSO – produção de audiovisuais
Realização: Francisco Manso

23 de fevereiro às 23h30
NUNO TEOTÓNIO PEREIRA

Nuno Teotónio Pereira é conhecido sobretudo como arquiteto. Mas ao longo da sua vida ele foi também muitas outras coisas. Mesmo se em todas essas coisas ele nunca deixou de ser arquiteto. Este “retrato” de Nuno Teotónio Pereira não pretende ser senão uma iniciação à sua vida e obra. Sabendo que num filme nunca cabe uma vida inteira.

Produção: Midas Filmes
Argumento e realização: Joana Cunha Ferreira

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close