RTP

Eládio Clímaco critica RTP


Há vários anos com poucos projetos na televisão onde cresceu, o apresentador e locutor de rádio confessa-se à edição desta segunda-feira do Diário de Notícias e mostra-se desiludido com as apostas da RTP e com o afastamento dos profissionais que estão há muitos anos no canal.

“Neste momento, sinto-me mal aproveitado. Claro que sim. Eles afastaram completamente os que fazem televisão há muitos anos. Puseram-nos na prateleira, deram-lhes trabalhos menores, segundo eles. Acho que a RTP afastou os velhos e puseram-nos em canais que acham que são menos vistos, que não chateiam, como a RTP Memória. Não é verdade. O cabo tem ganho imensa importância nos últimos tempos. Mas sim, estou eu e muitos colegas mal aproveitados.”, começa por dizer Eládio Clímaco.

Ainda assim, confrontado sobre que tipo de programa gostaria de apresentar, o comunicador foi perentório: “O que poderia apresentar na generalista? Um talk-show estilo Nicolau Breyner, talvez? Não estaria interessado, vou ser franco. São receitas muito gastas. Era capaz de entrar num programa meu se fosse original e marcasse a diferença”.

A terminar, Eládio Clímaco defendeu o regresso dos míticos Jogos sem Fronteiras, que chegou a apresentar: “Pelas pessoas que ouço na rua e que me escrevem, faria todo o sentido! Era um programa cultural e lúdico. E havia competição num bom sentido. Lealdade. Fazia falta à juventude dos dias de hoje”, finalizou.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close