RTP

Dalila Carmo fala do «presente» que foi «Florbela»

Dalila Carmos A Flor Mais Bela

Numa altura em que o filme «Florbela» já chegou às salas de cinema, a adaptação centrada na vida de Florbela Espanca terá também lugar numa minissérie transmitida pela RTP1. A protagonista é Dalila Carmo que falou do seu projeto à Notícias TV desta semana.

Com o título «Perdidamente Florbela», a série terá algumas diferenças face à versão que chegou ao grande ecrã, desde logo porque terá três episódios, mas também porque «na série há mais biografia, mais sobre a infância, adolescência, o primeiro marido…», diz Dalila Carmo.

Com o projeto a ter já vários anos, desde a sua concepção e gravação – 2011 – até à sua chegada ao cinema, a gravação da série foi feita em simultâneo, sendo que Dalila Carmo se revela «muito feliz com o resultado final». De facto, a satisfação por ter feito parte deste projeto em que contracena com Ivo Canelas e Albano Jerónimo leva a atriz a considerá-lo «o maior presente», referindo ainda que «não havia como dizer não a este projeto». Dalila Carmo é clara nas razões que a levam a ter esta opinião, referindo que foi «pelo desafio, pelas pessoas que estavam à frente e pela Florbela, que foi uma descoberta tardia na minha vida, a pretexto do filme».

Por se tratar de um desafio tão interessante para a atriz, a mesma recorreu a várias técnicas de preparação para o filme e série, estando um ano e meio em pesquisa, relendo toda a obra de Florbela Espanca. «Estive com pessoas da sua família e que me deram alguns detalhes preciosos. Inclusivamente com uma aluna dela ainda viva e que tem uma memória extraordinária, com quem passei uma tarde», refere a atriz. Apesar disso, Dalila Carmo admite que «nunca saberemos tudo», pois «não há registos de imagem de Florbela em movimento. Ninguém sabe como andava, como se mexia, como era a sua voz». Contudo, a atriz confessa que a sua principal preocupação foi «tentar chegar aos seu mundo interior, compreender a sua humanidade».

Recorde-se que ainda não existe data de estreia na televisão nacional, deste filme produzido pela Ukbar Filmes.

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close