RTP

Comissão de Trabalhadores da RTP questiona a contratação da agência de Cunha Vaz

RTP1

A Comissão de Trabalhadores (CT) da RTP questiona os motivos que levaram a administração liderada por Alberto da Ponte a contratar uma empresa para fazer a comunicação da estação de serviço público. Para os trabalhadores da RTP, o facto terem conhecimento de tal contratação, através da comunicação social demonstra por si só um «mau começo no diálogo com a CT».

Numa altura de contenção e austeridade a CT questiona se «não será esta duplicação de funções não essenciais um despesismo infrator daquela “contenção de custos” que o CA afirma observar e levanta duvidas sobre a idoneidade e transparência do conselho de administração ao contratar por ajuste direto a agência de um empresário que se diz amigo do presidente e cujos valores não foram divulgados.

Em comunicado a Comissão de Trabalhadores considera ainda não perceber a redundância da contração externa dos serviços de comunicação da agência Cunha  Vaz & Associados numa altura em que a direcção de marketing da empresa tem sido «consideravelmente reforçada nos últimos tempos com meios humanos e técnicos».

Recorde-se conforme noticiado pel’ A Televisão, a intenção do novo conselho de administração que tomou posse em setembro de 2012, em contratar a agência de António Cunha Vaz para assumir a comunicação externa da empresa, foi esta semana confirmada pelo jornal Expresso.

 

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close