RTP

Comissão de Trabalhadores da RTP «exige» canais em sinal aberto

RTP1

Na sequência do estudo de Sergio Denicoli que denuncia  existirem «fortes indícios» de corrupção no processo de implementação da Televisão Digital Terrestre(TDT), a Comissão de Trabalhadores da RTP(CT) considera que a estação pública «tem sido cúmplice dos ganhos indevidos que acumulam os operadores da televisão por cabo. A cumplicidade consiste nomeadamente em permitir que o visionamento dos canais da RTP continue a ser cobrado pelos operadores do cabo, quando na verdade ninguém deve pagar para ver canais de serviço público (como aliás já acontece nos Açores e Madeira, mas só aí)».

Em declarações à agência Lusa, os trabalhadores da estação pública de televisão e rádio exigem, a inclusão imediata de «todos os canais da RTP» em sinal aberto, um objetivo a que querem obrigar o conselho de administração da empresa a atender e sugere que uma decisão assim encontre a sua legitimidade no «incumprimento» por parte da Portugal Telecom do «memorando que obrigava a PT a uma correta distribuição do sinal, num momento em que já existem milhares de queixas a atestar o contrário».

Recorde-se que conforme noticiado pel’ A Televisão, sete meses depois do apagão do sinal analógico, as falhas de sinal da Televisão Digital Terrestre portuguesa continuam, falhas que segundo Sérgio Denicoli,«poderiam ser evitadas» e que beneficiam sobretudo «grupos económicos, cujos laços com o poder político são evidentes».
.
«Por todos os motivos – e mesmo se não se provar que existiu algum ilícito -, o memorando tem de ser anulado por incumprimento», sustenta a CT da RTP, para quem a estação «é parte legítima na luta pela anulação por incumprimento e deve assumir as suas responsabilidades num processo de introdução da TDT, começando por exigir a colocação de todos os seus canais em sinal aberto».

/* ]]> */

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. mais informações

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close